Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
MS-295

Sem acostamento, carreta para em rodovia e provoca acidente fatal; vídeos

13 maio 2020 - 14h35Por Da redação

Durante a noite desta terça-feira (12/5), um acidente envolvendo duas carretas na rodovia MS-295, no município de Amambai, levou a óbito o motorista Gilmar Bertoldo, 52. 

Conforme informações do site A Gazeta News, as carretas carregadas com soja trafegavam na rodovia no sentido Tacuru – Iguatemi, quando uma delas parou na pista em decorrência de problemas mecânicos. 

Este trecho entre as duas cidades de Mato Grosso do Sul de aproximadamente 45 quilômetros não possui acostamento. 

Gilmar não percebeu que a outra carreta havia parado e bateu de maneira violenta na carroceria do veículo. 

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para atender a ocorrência. O corpo da vítima chegou a ficar preso entre as ferragens. 

Veja as imagens gravadas no local do acidente. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Em MS, quase 70% dos infectados por coronavírus já estão recuperados
SAÚDE PÚBLICA
Estado tem semana com 475 hospitalizados por síndrome respiratória aguda grave
MATO GROSSO DO SUL
Governo abre processo seletivo para contratação de epidemiologista e médico
MORTE DE INFARTO
Maia cancela sessão por causa da morte do deputado Assis Carvalho
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Com mais de 10,2 mil casos, MS soma 122 óbitos por coronavírus
COVID-19
Ação judicial diz que vagas de UTI ainda são insuficientes em Dourados
BRASIL
Governo amplia vetos na lei que torna obrigatório o uso de máscara
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
CONTRABANDO
Veículo carregado com eletrônicos é apreendido

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário