Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Rapaz morre durante jogo de futebol em bairro de Campo Grande

16 fevereiro 2013 - 11h21

Alexandro dos Santos Carvalho, de 21 anos, morreu na noite nesta sexta-feira, dia 15 de fevereiro, após desmaiar durante uma partida de futebol, que estava sendo disputada no campo da praça do bairro Guanandi, em Campo Grande.

De acordo com o registro policial, pessoas que jogavam com ele foram até a casa do pai de Alexandre, Jorge de Carvalho, de 41 anos, comunicar que o rapaz havia desmaiado.

Ao chegar ao campo de futebol, o pai viu o garoto caído e o carregou até o posto de saúde do bairro. Os médicos ainda tentaram reanimar o rapaz por meia hora e a morte dele foi constatada por volta das 21 horas.

O pai informou à polícia que o filho era cardiopata e fazia uso de medicação controlada para o coração.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
STF: estados têm 72 horas para apresentar ações de combate à covid-19
CUIDADOS
Hospital Cassems de Nova Andradina prepara estrutura especial para receber beneficiários durante a pandemia
CONTRABANDO
Dois veículos são apreendidos com mil pacotes de cigarros
ARTIGO
Tire suas dúvidas sobre o auxílio-emergencial
REGIÃO
PM apreende adolescentes de 14 anos envolvidos em homicídio
EM SÃO PAULO
Formada em Dourados, pesquisadora participa de estudo sobre o coronavírus em São Paulo
LEGISLATIVO
Por vídeoconferência, aplicação dos recursos do Fundersul é aprovada
VÉSPERA DE FERIADO
Prefeitura decreta ponto facultativo na quinta e coleta de lixo para na sexta
CAMPO GRANDE
Suspeito de furto ateia fogo em celular durante abordagem policial
INFORME PUBLICITÁRIO
Como investidores douradenses podem proteger seu capital em todos os períodos

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida