Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Professor acusado de pedofilia se apresenta na polícia

15 março 2011 - 20h31

Acompanhado de um advogado o professor de Geografia André Luiz de Oliveira de 36 anos se apresentou na Polícia Civil em Dourados. André é acusado pela esposa de filmar alunas adolescentes impróprias suspeitas.
Segundo informações contidas na denuncia ele teria inclusive feito imagens de pessoas da família. O professor que leciona em duas escolas particulares, uma da rede estadual  e cursinho de uma universidade púlblica disse que é inocente e que vai provar na Justiça que está sendo vítima de calunia.
No final de semana foi apreendido um computador e um pen drive que conteriam provas contra o acusado, o material foi encaminhado para o núcleo de perícia de Dourados para ser analisado.
Depois de prestar depoimento a delegada Dra. Francieli Candoti o professor André Luiz foi liberado e vai  responder ao processo em liberdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
FUTEBOL
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado