Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

PRF utiliza novo equipamento para vigiar fronteiras

04 março 2013 - 15h25

A PRF passou a utilizar uma nova arma no combate à criminalidade nas nossas rodovias: escaneres capazes de verificar veículos em movimento e identificar neles eventuais indícios de crime, como drogas, armas, explosivos, munições, pessoas e outros.

Esses equipamentos foram adquiridos para auxiliar o trabalho dos policiais, de forma a aumentar a eficiência e reduzir a exposição do policial, que saberá antecipadamente qual veículo abordar e planejar o nível de abordagem.


A polícia se prepara, porque o crime organizado tenta a todo custo transportar seus ilícitos para as os centros consumidores utilizando nossas rodovias, favorecidos por uma fronteira seca.

De posse disso, a PRF tem buscando de forma constante o aparelhamento para combater estas ocorrências.

Os policiais passaram a contar em 2011 com um Helicóptero Colibiri de forma definitiva com base em Campo Grande, o MS recebeu do ano passado até agora, 120 novos policiais. Agora, passamos a contar também com equipamento scâneres.

O equipamento foi adquirido a um custo de 2 milhões de reais iniciou seus trabalhos dia 7 de Dezembro. Neste primeiro dia, já flagou 406 Kg de Cocaína em compartimento escondido na baú de um caminhão câmera fria. Desde esta data, as apreensões continuaram a ocorrer. Até 28 de de Fevereiro foram 131 pneus 522.400 Kg de Cocaína, 131 pneus contrabandeados, 21 litros de bebidas, 5000 peças de roupas, 1 submetralhadora, 3 pistolas, 2 revólveres, 50 munições, 2 menores sendo transportados juntos com cavalos. 441 medicamentos importados de origem desconhecida (comumente utilizadas como anabolizantes), 221 Kg de Maconha num total de 6 pessoas presas.


Muito mais que uma aquisição de equipamento, os escaneres marcam nossa presença na Estratégia Nacional de Fronteiras, onde atuamos também nas operações Agatha e Sentinela.

O modelo comprado permite escanear veículos com ou sem pessoas no interior, sem qualquer risco para a saúde de motoristas e passageiros. (Há um ofício da Comissão nacional de Energia Nuclear referendando isso.). Já é utilizado largamente pelos EUA na fronteira com o México.


Em virtude desta possibilidade, pode-se escanear um número muito maior de veículos, já que não é preciso que as pessoas saiam do interior. Basta passar com o equipamento do lado do veículo, mesmo em movimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação contra aftosa será mantido
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato