Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ESTADO

Policial que matou esposa e cometeu suicídio estava em readaptação após afastamento

03 janeiro 2020 - 09h43Por Redação

Em nota de falecimento divulgada no site institucional, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul informou que o investigador Adalberto Duarte da Silva, de 43 anos, que matou a esposa Lívia Tatiana Gaúna Acosta, de 30, e cometeu suicídio, estava em readaptação profissional e sem arma do Estado após sete meses afastado para tratamento psicológico.

O crime aconteceu na quinta-feira (2) em Jardim, onde o policial estava lotado no 1º Distrito Policial. A corporação declarou luto e destacou lamentar “por duas vidas perdidas de forma tão breve e trágica”.

Segundo a Polícia Civil, a Delegacia Regional de Jardim apurou que dos dois “estavam em casa e lamentavelmente durante uma discussão o investigador efetuou dois disparos contra a esposa Lívia Acosta, que morreu na hora”. “Em seguida ele disparou contra a própria cabeça e foi a óbito”, acrescentou.

A corporação detalha que os delegados titulares da Delegacia Regional da Polícia Civil e 1ª DP de Jardim compareceram na residência do casal para os levantamentos necessários e acompanhamento da perícia criminal. Descreve ainda que no imóvel foi encontrado um revólver calibre 357, apreendido.

“A Polícia Civil esclarece que o investigador Adalberto ficou afastado de suas funções para tratamento psicológico entre os meses de janeiro e julho de 2019, e desde então vinha sendo acompanhado por profissionais da Coordenadoria de Atendimento Psicossocial da Polícia Civil (Ceapoc)”, pontua a nota.

A publicação acrescenta que “atualmente o servidor estava em readaptação profissional, desenvolvia suas atividades no âmbito administrativo da 1ª DP de Jardim e não utilizava arma da carga da Polícia Civil”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Morador de fazenda é preso por posse irregular de arma de fogo
BRASIL
Justiça Federal manda soltar acusados de invadir celular de Moro
FOGO
Exército dará apoio logístico no combate às queimadas no Pantanal
ELEIÇÕES 2020
Mais de 7 mil urnas eletrônicas serão usadas em Mato Grosso do Sul
DOURADOS
Prefeitura alega limitação financeira e crise pela Covid para não convocar remanescentes da Guarda
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros
ORDEM DO DIA
Aprovada exigência de álcool em gel em estabelecimentos de MS
CAMPO GRANDE
Oficina que deixou carro ao relento é condenada por danos materiais
ROTA BIOCEÂNICA
Escolhida empresa que fará projeto do acesso à ponte do rio Paraguai
BOA AÇÃO
Sorteio de rifa para ajudar jovem com tumor ósseo no crânio a passar por cirurgia é amanhã; ainda há números

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte