Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Policial é ferido com caco de vidro no pescoço ao dispersar foliões

26 fevereiro 2020 - 13h50Por Da Redação

Um policial do Batalhão de Choque ficou ferido por volta das meia-noite desta quarta-feira, dia 26 de fevereiro, a última do Carnaval de rua em Campo Grande, durante a dispersão dos foliões na Avenida Fernando Corrêa da Costa. O grupo Boka Loka se apresentou no Morena Folia na noite de ontem.

Segundo informou o batalhão, equipes foram chamadas e ao desembarcarem na avenida foram recebidas a garrafadas. Não havia dado tempo dos militares entrarem em posição quando as garrafas começaram a ser atiradas.

Um policial teve um corte no pescoço provocado por estilhaço de vidro e foi socorrido até hospital. Ainda de acordo com o Choque, o PM está fora de perigo.

Tiro e bomba

Na primeira noite do Cordão Valu, foliões que se concentravam fora do cercado do bloco, próximo à Vila dos Ferroviários, foram expulsos com tiros de balas de borracha, bombas de efeito moral e spray de pimenta. A mutidão ocupava um espaço da Calógeras, entre a Avenida Mato Grosso e a Rua Antônio Maria Coelho, e foram cercados por policiais militares.

Sob protestos, a ação foi filmada e postada nas redes sociais. Escondidas uma grade, pessoas pediam para que a polícia não jogasse bombas. "Não precisa jogar bomba aqui", diz um homem. "Misericórdia senhor", completa a voz de uma mulher. "Tomei um tiro nas costas", conta outro homem. "Todo ano é assim?", questiona um dos foliões. Três pessoas foram presas.

Na segunda noite, quando o Bloco Capivara Blasé fez a animação na Esplanada Ferroviária, a dispersão foi mais tranquila. Por volta da meia-noite, também na Avenida Calógeras, viaturas e policiais militares em motocicletas avançaram devagar sobre grupo que aos poucos foi deixando o local. Em vídeo gravado no local, é possível ouvir estampido, segundo foliões, foram dois tiros de armamento não letal. Na gravação, também dá para escutar garrafas sendo quebradas, mas não houve correria.

Da noite de segunda-feira para a madrugada de terça, não houve dispersão "forçada", mas duas pessoas foram baleadas na saída do Carnaval, um jovem que reagiu a um assalto e outro durante uma briga generalizada numa conveniência, ambos os casos na região central.

O site Campo Grande News também recebeu vídeo de uma briga no ponto da Calógeras onde houve as confusões anteriores. Foliões trocam socos e chutes, há correria e muitas garrafas sendo atiradas. Não houve intervenção policial, pelo menos enquanto o vídeo estava sendo gravado. Não há confirmação sobre se a briga foi registrada ontem. Veja:

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Major da reserva da PM morre em decorrência do novo coronavírus
REPARAÇÃO HISTÓRICA
Volks faz acordo para reparar violações dos direitos humanos na ditadura
CAMPO GRANDE
Homem invade casa da ex e agride atual com socos e golpe de marreta
BRASIL
Caixa Econômica lança a "Super Sete" nova modalidade de loteria
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados
RIO DE JANEIRO
Alerj autoriza continuidade do processo de impeachment contra Witzel
DESCAMINHO
Polícia apreende carreta com cigarros e causa prejuízo de dois milhões
JUSTIÇA
Loja deve trocar produto que apresentar defeito até 6 meses de uso
PRESIDENTE INVESTIGADO
Julgamento no STF sobre depoimento de Bolsonaro será em plenário virtual
ITAQUIRAÍ
Ação conjunta prende traficante e apreende duas toneladas de drogas

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada