Menu
Busca sábado, 15 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Policial ambiental é ferido com dois tiros em Corumbá

30 dezembro 2003 - 10h55

O soldado da Polícia Militar Ambiental de Corumbá, Antônio Domingues, 34, foi baleado por volta de 17h30 desta segunda-feira, 29 de dezembro, próximo aos trilhos da estrada do Jacadigo. Segundo a Polícia Militar, Domingues estava com uma passageira na moto e foi abordado por um homem armado naquela região. Ele levou dois tiros que acertaram a perna direita e o abdômen. A vítima conseguiu tomar a arma do autor e acertar um tiro no lado direito do rosto do bandido, que aparentemente é boliviano. A PM acredita que a mulher, uma brasileira, tenha sido usada como isca para tentar roubar a motocicleta. A dupla fugiu a pé e se escondeu no matagal. Antônio Domingues foi levado para o Hospital de Corumbá e a arma tipo garrucha usada pelo autor dos tiros foi entregue à Polícia Militar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Aos 40 anos, "Chuchu" foi executado com tiros de pistola 9 milímetros
PANDEMIA
Governo Federal executou menos da metade dos recursos para covid-19
SOCIAL
Dourados adquire ônibus para funcionar como CRAS ambulante
UNIGRAN
Acadêmico de Fisioterapia tem trabalho publicado em revista internacional
RIO BRILHANTE
Jovem flagra padrasto tentando invadir casa e se masturbando ao olhar para ela
AGRESSOR DE BOLSONARO
STJ mantém Adélio Bispo no presídio federal de Campo Grande
CORUMBÁ
Idosa de 74 anos é flagrada ao levar cocaína para o filho presidiário
FUTEBOL
Grêmio oficializa venda do atacante Everton Cebolinha para o Benfica
MEIO AMBIENTE
Paranaense é multado em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação
JUSTIÇA
Consumidora que não recebeu móveis planejados será indenizada

Mais Lidas

DOURADOS
Fogo destrói lanchonete, invade loja e queima várias motocicletas
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades
PANDEMIA
Prefeitura autoriza abertura de bares e flexibiliza funcionamento de outros setores
DOURADOS
Operação 'Gambiarra' mira reformas de escolas municipais pagas por secretária em nome de empresa