Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Policiais recebem elogio do governador por ação que deixou sequestradores mortos há cinco anos

20 abril 2021 - 10h04Por André Bento e Osvaldo Duarte

Dois investigadores da Polícia Civil de Dourados receberam referência elogiosa do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) por terem participado de uma ação que libertou casal feito refém no Jardim Novo Horizonte e resultou na morte de três sequestradores na noite de 13 de maio de 2016.

Publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (20), o documento referente ao Processo 31/201.393/2017 foi assinado na sexta-feira (16) pelo delegado Adriano Garcia Geraldo, presidente do Conselho Superior da Polícia Civil.

Ele indica que o governador do Estado determinou “a inscrição de elogio nos assentos funcionais dos Investigadores de Polícia Judiciária Silvinei Evangelista da Silva e Márcio Carneiro Zanan, pelas condutas meritórias praticadas pelos citados servidores no cumprimento do dever relacionado aos fatos ocorridos em 13/05/2016, ao evitarem concomitantemente os crimes de roubo com emprego de arma de fogo e cárcere privado, conforme Boletim de Ocorrência nº 1619/2016/DEPAC/DOURADOS/MS”.

O Dourados News apurou que naquela data os investigadores atuavam no SIG (Setor de Investigações Gerais) e foram acionados junto com policiais militares para atendimento a uma ocorrência no Jardim Novo Horizonte, onde três criminosos armados fizeram um casal refém para roubar a caminhonete das vítimas. 

Na casa onde ocorria o cárcere privado, os suspeitos receberam a polícia a tiros que foram revidados. Os três assaltantes foram baleados. Mesmo socorridos, não resistiram e morreram.

No dia seguinte à ocorrência, em entrevista coletiva concedida à imprensa, o então comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar de Dourados, tenente-coronel Carlos Silva, informou que “os assaltantes foram reconhecidos pelas vítimas e provavelmente elas seriam mortas por eles".

Isso porque um dos autores estava residindo na casa de uma vizinha das vítimas para atuar como "olheiro" do grupo criminoso.

“Foi uma ação correta, técnica e extremamente cirúrgica no meu ponto de vista. A atuação das duas forças policiais salvaguardou a vida de uma família e infelizmente, ou felizmente, os meliantes foram a óbito. Menos uma quadrilha nas nossas ruas”, disse o oficial à ocasião, acompanhado do então delegado regional Lupérsio Degerone. Assista abaixo!

Os criminosos mortos no confronto foram identificados como Thiarlen dos Santos Gomes, de 17 anos e Maicon Bezerra de Oliveira, de 25, ambos moradores da Vila Industrial, além de John Lenon da Silva, de 25, natural de Ipatinga, Minas Gerais. Com eles a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e um calibre 22, além de faca.

Ainda segundo as autoridades, Maicon e John tinham passagens policiais por roubo e homicídio, entre outros crimes. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado