Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Policiais militares atuarão na 'Operação Carnaval' da PRE

01 março 2011 - 14h24

A Polícia Militar por meio do 14º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária inicia às 00h00 da próxima sexta-feira (04) a “Operação Carnaval” que se estenderá até às 18h da quarta-feira de cinzas (09). Será reforçado o policiamento e a fiscalização de trânsito nos mais de 15 mil quilômetros de rodovias estaduais durante todo o feriado prolongado.

De acordo com a PRE, o policiamento rodoviário permanecerá em regime especial de trabalho, com redução de folgas e apoio do efetivo administrativo com mais de 150 policiais, que atuarão nas rodovias do Estado, aumentando assim a presença policial nos horários de maior trafego.

Estarão empenhadas na operação todas as unidades do Batalhão Rodoviário, ou seja, oito bases da Polícia Militar Rodoviária, sediados respectivamente em Três Lagoas, Paranaíba, Nova Andradina, Amambai, Amandina, Dourados, Ponta Porã, Sidrolândia e policiamento volante nas regiões de Costa Rica, Rio Verde e Bonito, além do Comando sediado em Campo Grande.

Os policiais empregarão cerca de 20 viaturas de quatro e duas rodas, quatro etilômetros, conhecidos como "bafômetros" para a fiscalização da alcoolemia, dois radares móveis para a fiscalização de velocidade e binóculos para a fiscalização de infrações em movimento.

Infrações

Assim como em operações anteriores, e com o objetivo de reduzir o número de acidentes e de vítimas, toda a Polícia Militar Rodoviária, nas fiscalizações de rotina e nos atendimentos de eventuais acidentes de trânsito, darão especial à fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas (ou de substâncias de efeitos análogos).

A polícia alerta que o motorista flagrado dirigindo sob a influência de álcool será penalizado com multa, retenção do veículo e suspensão do direito de dirigir por doze meses, além de responder criminalmente pela sua conduta, dependendo das circunstâncias, com pena de detenção de seis meses a três anos.

A fluidez no trânsito será garantida por operações específicas, sendo que a fiscalização vai priorizar as infrações cometidas em movimento, tais como o uso indevido do acostamento, a ultrapassagem em locais proibidos pela sinalização, entre outras.

Cuidados

A PRE orienta que antes de viajar o motorista faça o planejamento adequado, com a definição do itinerário, anotação de telefones de emergência, localização das bases da polícia, etc. Além disso, é importante fazer a revisão das condições gerais do veículo antes de iniciar a viagem, com atenção especial aos equipamentos obrigatórios, sistema de iluminação e sinalização do veículo, combustível e documentação de porte obrigatório.

Outra orientação é em relação à sinalização de trânsito, especialmente observando os limites de velocidade e às ultrapassagens em locais proibidos. Outra dica é a utilização dos faróis baixos acesos também durante o dia nas rodovias, prática que promove maior visibilidade aos veículos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS