Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Polícia paraguaia emite 'bizarra' cédula de identidade

17 dezembro 2009 - 14h26

Em 11/12, o Diário Última Hora trouxe na capa o bizarro caso do jovem César Vega, residente na localidade de Acaray. Ao solicitar seu documento de identidade no Departamento de Identificações da polícia paraguaia, Vega preencheu os papéis e seguiu ao pé da letra a instrução de “assinar sem sair do quadro”.
O resultado é a pérola estampada na imagem acima: ao invés de assinar o nome, dentro do quadro reservado à assinatura, o jovem escreveu, literalmente, a frase “SEM SAIR DO QUADRO” (em espanhol, "Sin salir del cuadro").
O mais anedótico do caso, porém, é que a identidade foi emitida em dezembro de 2008 e o medonho erro foi descoberto, apenas, quase um ano depois. Não por acaso, após noticiado, o episódio ganhou ares de piada e obrigou a Polícia Nacional a admitir o embaraçoso erro, prontificando-se a corrigir o documento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
PRF apreende mais de 500 kg de maconha em droga
SAÚDE
Dia Mundial sem Tabaco analisa relação do tabagismo com a covid-19
MÚSICA
Rita Lee cogita gravar o primeiro álbum de músicas inéditas em oito anos
DADOS
MS tem redução de 1.871 crimes no 1º quadrimestre de 2020
TRÁFICO
Polícia apreende carreta com mais de 3 toneladas de droga em galpão
PANDEMIA
Pan-Pacífico de natação é adiado de 2022 para 2026
TRÁFICO
Jovem contrata motorista de aplicativo para transportar droga e é flagrada pela polícia
NAVIRAÍ
Polícia prende agricultor com espingarda de caça
PANDEMIA
Servidora da Câmara Municipal de Dourados testa positivo para coronavírus
TRÁFICO
Homem é preso com droga em compartimento falso da caminhonete

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos