Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
REGIÃO

Polícia incinera 1,8 tonelada de drogas em Caarapó

11 fevereiro 2020 - 19h20Por Da redação

A Polícia Civil de Caarapó realizou na tarde desta terça-feira (11), a incineração de aproximadamente 1,8 tonelada de drogas, entre maconha, crack e cocaína. Conforme o Caarapó News, a queima aconteceu em uma fornalha industrial de uma empresa de grãos do município.

Essas drogas foram apreendidas nos últimos 90 dias no município, em um trabalho que envolveu as polícias Civil, Militar, DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e PRF (Polícia Rodoviária Federal), de acordo com o delegado de Polícia Civil de Caarapó, Anezio Rosa de Andrade.

A incineração foi autorizada pelos juízes competentes e acompanhada pelo Ministério Público, além de  representantes da Vigilância Sanitária do município, conforme determina a Lei de drogas.

A droga foi transportada em um veículo furgão cedido por uma entidade do município, com escolta do SIG da Polícia Civil de Caarapó.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Terceiro profissional da PM de MS morre por complicações da covid
Terceiro profissional da PM de MS morre por complicações da covid
DEPOIMENTO À PF
Moro diz ter ouvido que Carlos Bolsonaro é ligado a 'gabinete do ódio'
Familiares procuram por empresário desaparecido desde a madrugada
Familiares procuram por empresário desaparecido desde a madrugada
INSS
Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano
CAPITAL
Preso foge de escolta policial durante atendimento em hospital
FUTEBOL
Palmeiras anuncia rescisão de contrato com o volante Ramires
POLÍCIA
Idoso cai em golpe de ligação da filha chorando, mas cartão é bloqueado
JUSTIÇA
Seguradora deve indenizar agricultor que perdeu 95% da safra
RIBAS DO RIO PARDO
Polícia recupera em assentamento cinco cabeças de gado furtadas
ECONOMIA
Caixa abre agência em Dourados neste sábado para saque de auxílio

Mais Lidas

DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382