segunda, 24 de junho de 2024
Dourados
21ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Polícia identifica e começa intimar suspeitos de saquear porcos durante a semana

11 junho 2024 - 09h39Por Cristina Nunes

No desenrolar das investigações sobre os crimes de furto, abigeato e maus tratos a animais após o tombamento de um caminhão carregado de porcos na perimetral norte, em Dourados, o delegado Lucas Albé Veppo, do 2º Distrito Policial, onde foi instaurado um inquérito policial para apurar o caso, revelou que o processo avança na identificação e intimação dos indivíduos filmados durante a subtração dos animais. 

O Dourados News entrou em contato nesta terça-feira (11) com o delegado que afirmou que as intimações serão feitas ainda nesta semana. "Estamos em processo de identificação das pessoas nas imagens e, a partir de amanhã, começaremos a intimá-las para depoimento, visando esclarecer suas respectivas participações nos atos de agressão e subtração dos animais", afirmou o delegado.

Ele enfatizou ainda o foco da investigação em apurar a real participação dos envolvidos nos atos de agressão e subtração dos animais: "Estamos apurando qual que é a real participação das pessoas que conseguimos identificar no vídeo, quem agrediu, quem subtraiu, entre outros detalhes". 

O delegado ressaltou a importância de reunir evidências concretas e que as situações serão avaliadas de maneiras distintas. “Está sendo tratado como furto qualificado, tanto furto de animal, quanto o furto em concurso de pessoas, caso tenha acontecido a união de mais integrantes para subtrair a carga, vai depender de ‘caso a caso’, o que pode gerar uma pena maior ao furto. Se for abigeato a pena é de dois a cinco anos de prisão e no caso de furto qualificado, se tiver ocorrido concurso de pessoas, dois a oito anos”, disse ao complementar informando, que são apuradas hipóteses de que tenham ocorrido maus tratos aos animais em algumas situações e até mesmo se porcos foram esquartejados vivos, ainda no local do acidente.  

O prazo inicial para conclusão das investigações é de 30 dias, podendo ser prorrogado conforme necessário.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulher mata companheiro com golpe de faca no pescoço
DOURADOS

Mulher mata companheiro com golpe de faca no pescoço

Após oito dias, incêndio no Parque Nacional do Itatiaia é extinto
MEIO AMBIENTE

Após oito dias, incêndio no Parque Nacional do Itatiaia é extinto

EM PAUTA

Barroso diz ver 'potencialidades' na IA, mas afirma que 'massificação da desinformação' preocupa

Ossuna Braza e Marcos Assunção abrem o Som da Concha 2024; show será no dia 7 de julho
ENTRETENIMENTO

Ossuna Braza e Marcos Assunção abrem o Som da Concha 2024; show será no dia 7 de julho

A discussão sobre o Aborto....
ARTIGO

A discussão sobre o Aborto....

BR-262

Quatro são presos por tráfico e carga de droga é interceptada

BRASIL

Grandes usinas solares igualam capacidade da hidrelétrica de Itaipu

ESPORTES

Corumbaense goleia Novo e chega invicto à decisão do Estadual Sub-13E

DEBATE

Operadoras poderão ser obrigadas a oferecer planos de saúde individuais

CULTURA

IV Feira da Literatura de MS começa na quarta-feira em Dourados

Mais Lidas

OPORTUNIDADE

Frigorífico abre 360 vagas de emprego em Dourados

DOIS IRMÃOS DO BURITI

Prefeitura de MS abre concurso com salários que ultrapassam R$ 14 mil

CAMPO GRANDE

PMs sequestraram motorista de caminhão para roubar droga

DOURADOS

Final de semana permanece quente e seco, mas temperatura despenca nos próximos dias