Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Polícia diz já saber 70% do ocorrido até a morte de Isabella

09 abril 2008 - 10h27

A polícia já apurou 70% do que aconteceu na noite em que Isabella Nardoni morreu em um prédio na Zona Norte da capital, segundo informou na manhã desta quarta-feira (9) a delegada-assistente do 9º DP, Renata Pontes. Ela comparou as investigações a um quebra-cabeça composto de depoimentos e provas técnicas.

“A gente já tem 70% referente à dinâmica (do crime), ao ferimento, onde que aconteceu, enfim, tudo o que foi feito lá dentro até o óbito”, disse. Ela acredita que os 30% que faltam ser esclarecidos, a partir dos laudos periciais, não serão surpresa. “A polícia está chegando mais próxima da verdade”, acrescentou.

Entretanto, sem dar detalhes, o delegado do 9º DP, Calixto Calil Filho, disse que boa parte da chamada cena do crime foi montada, mas que ainda faltam mais de 50% das investigações.

Segundo ela, 36 pessoas foram ouvidas pela polícia até agora e outras 19 foram intimadas a prestar depoimento. Renata Pontes afirmou que a tônica de alguns depoimentos vêm se repetindo. “Um depoimento vem dar credibilidade ao outro, um corrobora o outro.”

A delegada-assistente ainda informou que laudos do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) não serão divulgados nesta semana. Apesar de os resultados não estarem prontos, ela afirmou que a polícia está perto das conclusões.

Renata Pontes avaliou que as imagens de Isabella com a família horas antes de sua morte em um supermercado em Guarulhos, na Grande São Paulo, ajudaram nas investigações.

Ela não quis dizer se Alexandre Nardoni, pai de Isabella, e Anna Carolina Jatobá, madrasta da menina, são suspeitos, alegando sigilo nas investigações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UTI Covid segue com seis internações em Dourados
PANDEMIA
UTI Covid segue com seis internações em Dourados
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros
CAPITAL
Presidente do TJMS recebe medalhão comemorativo aos 100 anos da Justiça Militar

Mais Lidas

PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia