Menu
Busca sexta, 26 de novembro de 2021
Dourados
32°max
21°min
Campo Grande
31°max
21°min
Três Lagoas
32°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ARAL MOREIRA

Carga de cocaína pesou 106 quilos e foi avaliada em R$ 13,2 milhões

20 outubro 2020 - 10h37Por Redação

Nesta segunda-feira (19), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 106 kg de cloridrato de cocaína, em Aral Moreira (MS). A carga é avaliada em mais de 13,2 milhões de reais.

Conforme ocorrência, os policiais efetuavam fiscalização na linha internacional de Ponta Porã e Aral Moreira, quando deram ordem de parada a uma carreta Volvo/FH 440, acoplada a dois semirreboques. Durante a abordagem, o motorista de 54 anos levantou suspeita.

Após vistoria minuciosa nos reboques, a equipe descobriu um compartimento oculto, onde estavam os tabletes da droga. À polícia, o condutor não declarou a origem ou destino do ilícito.

O preso, a carreta e a cocaína foram encaminhados para a Polícia Federal em Ponta Porã (MS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Resgatados do tribunal do PCC seriam assassinados por morte de amiga
MUNDO EM ALERTA
Brasil fechará fronteiras para seis países da África a partir de segunda
CORUMBÁ
Policial militar morre após colidir motocicleta contra carro
COVID-19
PGR pede ao STF 10 providências com base em relatório da CPI
GAMELEIRA
Preso é ameaçado após acusações de integrar o Comando Vermelho
LESÕES NA PELE
Estudo associa surto de sarna ao uso indiscriminado de ivermectina
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
CULTURA
Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias
CAPITAL
Ferido com tiro na boca por PRF está na área vermelha de hospital
JUDICIÁRIO
2ª Turma do STF derruba bloqueio de bens de Lula pela Lava Jato

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
CANIS E URANO
PF deflagra operações com alvos em comum e cumpre mandados em Dourados
DOURADOS
TJ revoga ordem para policial pagar pensão à família de homem que matou no cinema