Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
CONTRABANDO

Polícia apreende carga de cigarros avaliada em R$ 6 mi que saiu de MS

04 fevereiro 2020 - 16h20Por Da Redação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na noite de segunda-feira (3/2) e na manhã desta terça (4), cerca de 1,2 milhão de carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai, que estavam sendo transportados em dois caminhões bitrens, na cidade de Guaíra (PR). Os motoristas foram presos e um dos caminhões era roubado.

Por volta das 22 horas, agentes da PRF deram ordem de parada a um caminhão bitrem na BR-163. Durante a vistoria, os policiais encontraram cerca de 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados.

O motorista, de 32 anos, morador de Natal (RN), disse que uma pessoa o levou de Eldorado, na região Sul de MS para Guaíra, onde ele retirou o caminhão e aguardava informações de contrabandistas para seguir viagem para Vitória da Conquista (BA). Ainda, durante a vistoria, os agentes descobriram que o cavalo-trator que puxava os cigarros havia sido roubado em 2018, no mês de maio, em Loanda (PR). Dentro da cabine, havia várias placas, que seriam trocadas no decorrer do caminho.

Ele foi preso em flagrante e conduzido para a Polícia Federal (PF) em Guaíra para o registro dos crimes de receptação de veículo roubado, contrabando e uso de documento falso.

Pela manhã desta terça (4), em Guaíra, na BR-163, agentes da PRF abordaram um motorista de um caminhão bitrem  de 43 anos, morador de Umuarama (PR). Durante a vistoria, os agentes descobriram cerca de 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai.

Segundo o motorista, ele retirou o caminhão com as chaves no contato em Mundo Novo, para levar para Guaíra, onde aguardaria contato telefônico de contrabandistas, que informariam o destino dos cigarros.

Foram apresentados documentos falsos do caminhão, além de terem sido encontradas várias placas, que seriam trocadas durante o caminho, para ludibriar a fiscalização.

Diante dos fatos, o motorista foi preso em flagrante e conduzido para a PF em Guaíra para o registro dos crimes de contrabando, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo.

Os 1,2 milhão de cigarros apreendidos estão avaliados em cerca de R$ 6 milhões.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEMBLEIA DE MS
Projeto que prevê informativos sobre adoção segue para sanção
ASSEMBLEIA DE MS
Projeto que prevê informativos sobre adoção segue para sanção
TSE registra 264 crimes de violência contra candidatos desde janeiro
ELEIÇÕES 2020
TSE registra 264 crimes de violência contra candidatos desde janeiro
Ocupação de leitos públicos de UTI cai, mas taxa segue acima dos 70%
DOURADOS 
Ocupação de leitos públicos de UTI cai, mas taxa segue acima dos 70%
CAPITAL
Justiça nega danos morais por cobranças abusivas "por falta de provas"
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista de 73 anos leva multa de R$ 5 mil por atear fogo em pastagem 
MEIO AMBIENTE
Imam de Dourados disponibiliza plataforma com cursos online nesta quinta
BEBIDA ALCOÓLICA
Homem esfaqueia esposa em cidade de MS após briga por quatro reais
ESSENCIAL
Câmara de Dourados institui locais para realização de atividades físicas
BRASIL
Arrecadação federal soma R$ 153,9 bilhões durante o mês de outubro

Mais Lidas

DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados
DOURADOS
Homem é preso após tentar atropelar policiais em abordagem na BR-163 
DOURADOS
Mulher é presa após atear fogo na casa do ex-marido, cadeirante