Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Polícia Ambiental prende dois homens por pesca ilegal

23 dezembro 2003 - 17h59

A Polícia Militar Ambiental prendeu ontem dois homens por pesca ilegal nos rios de Mato Grosso do Sul. A pesca está proibida no Estado em função do período de reprodução dos peixes.Na região da Quadraza no Pantanal, foi preso Carlos Roberto Albuquerque, com 50 quilos de pescado, sendo 26 quilos de cachara, 21 de filé (cachara) e três quilos de pacu. Ele levava a mercadoria num veículo Ford/Belina e foi autuado em flagrante por crime de pesca predatória. Ele pagou fiança, foi liberado e responderá ao processo em liberdade. Se condenado poderá pegar uma pena de um a três anos de detenção. Os policiais confeccionaram também um auto de infração administrativo e arbitraram uma multa de R$ 2 mil. Em Terenos, em fiscalização no rio Aquidauana foi preso Carlos Aparecido da Silva, com 11 quilos de pescado das espécies, "pacu", "cachara", e "dourado". O pescado estava em um freezer na Chácara Indaiá. Silva alegou que o pescado não era para comercialização, somente para consumo, mas os policiais apreenderam o pescado e fizeram uma multa de R$ 1 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Presidente da Câmara lamenta morte de secretário e pede esclarecimento dos fatos
CELEBRAÇÃO
Sem máscaras, Bolsonaro, filho e ministros comemoram a independência dos EUA em Brasília
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
POLÍTICA
Valdenir Machado é pré-candidato à prefeitura de Dourados pelo PSDB
POLÍCIA
Homem é preso por violência doméstica em Bataguassu
POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
POLÍCIA
Homem é assassinado no Izidro Pedroso
MEDIDA
Bancos ainda estudam oferta de crédito garantido por saque-aniversário
REGIÃO
Dono de oficina é autuado por PMA por descarte de resíduos irregular e óleo derramado no solo

Mais Lidas

PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai