Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

PMA intensifica combate a caça ilegal e quatro pessoas acabam presas

15 junho 2021 - 17h50Por Da Redação

 A PMA (Polícia Militar Ambiental) em Naviraí intensificaram fiscalização em áreas de reserva de legal de fazendas, atendendo solicitação dos proprietários rurais, no intuito de coibir a caça ilegal.

Os produtores têm procurado a PMA preocupados com invasões de caçadores, que sob pretexto de caça do javali, têm adentrado as propriedades sem autorização e, com armas de fogo e, inclusive, montam armadilhas nas reservas legais protegidas das propriedades.

Só esta semana, foram duas ocorrências. Nos últimos 20 dias, no município de Naviraí, foram presas quatro pessoas, quando praticavam caça e, felizmente, com a ajuda dos produtores, que denunciam rapidamente o crime, a PMA tem prendido os infratores, antes que consigam abater animais silvestres. Alguns, enquanto se dirigem para as áreas de caça, costumam inclusive, a esconder as armas em compartimentos dos veículos, como três armas que foram apreendidas no compartimento do motor de um Fiat Uno.

Foi apreendido um total de seis armas longas e 80 munições (sem registro) e também foram desativadas diversas armadilhas utilizadas para a captura de animais silvestres, além de espera montadas em árvores, com “cevas” (alimento) para atrair os animais e abatê-los com uso de arma de fogo. Entre os animais mais procurados para a caça, segundo os próprios caçadores, estão o Queixada, o cateto e a Anta. Vale ressaltar que a Anta se encontra na lista de animais em risco de extinção.

Os infratores têm sido autuados em flagrante por crime de porte ilegal de arma de fogo, cuja pena prevista é de dois a quatro anos de reclusão, quando não se encontram animais abatidos com eles. A PMA de Naviraí continuará nessa parceria com os produtores, não só relativamente ao problema da caça, mas também de outros crimes e infrações ambientais.

Essa parceria tem se estreitado ainda mais, depois dos trabalhos preventivos aos incêndios florestais, na operação Prolepse, que nesta primeira fase informativa, os Policiais têm visitado as propriedades e realizado orientações sobre os problemas dos incêndios e entregado material didático-educativo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Governo amplia número de vagas do último concurso da Agepen
Passageira dorme em ônibus e só descobre furto das malas na rodoviária
SELIC
Copom eleva juros básicos da economia para 5,25% ao ano
Golpistas que teriam contratado andarilho para sacar empréstimo são presas
LOTERIA
Veja as dezenas do concurso 2.396 da Mega-Sena, prêmio de R$ 46 milhões
FORTALEZA
PF apreende jatinho com mais de uma tonelada de cocaína em aeroporto
NÚMEROS DA PANDEMIA
Sob ameaça da variante delta, Brasil ultrapassa 20 milhões de casos de Covid
AQUIDAUANA
Padrasto é condenado a 14 anos de prisão após estupro de enteada
FUTEBOL
STJD aceita pedido do Flamengo e libera volta do público aos estádios
BATAYPORÃ
Juiz nega quebra de sigilo bancário de ex-líder do PSL assassinada

Mais Lidas

DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
DOURADOS
Após ideia da filha, empresária cria 'varal comunitário' para ajudar quem tem frio
MORTE A ESCLARECER 
Encontrado inconsciente em praça, idoso morre no HV após passar uma semana internado
DOURADOS 
Usuário de drogas procura delegacia após ser assaltado em boca de fumo