Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
FISCALIZAÇÃO

Operação conjunta em parque estadual termina com redes e petrechos ilegais apreendidos

06 agosto 2020 - 10h40Por Redação

Policiais militares ambientais e guardas-parques do Parque Estadual das Nascentes e das Várzeas do Rio Ivinhema realizaram operação conjunta de prevenção à pesca predatória, dentro e no entorno da área do local. Durante a ação, foram apreendidas 42 redes de pesca, medindo 2.000 metros, além de outros petrechos ilegais.

Os trabalhos, que duraram desde a madrugada até à noite desta quarta-feira (5), aconteceram nos rios Paraná, Ivinhema e seus afluentes e, além da grande quantidade de redes, foram retiradas duas cordas de espinheis, medindo 100 metros, cada uma com 30 anzóis e mais 42 anzóis de galho (petrechos proibidos). Alguns peixes que estavam vivos e presos aos petrechos foram soltos no rio.

Os proprietários dos materiais ilegais não foram encontrados. De acordo com informações da PMA, há grande dificuldade de localizar os autores deste tipo de crime, pois os petrechos são armados em curto espaço de tempo e os pescadores não permanecem no rio durante a pesca, fazendo somente a retirada dos peixes, também em tempo bastante curto.

De qualquer forma, fiscalizações preventivas dessa natureza são fundamentais para a prevenção à pesca predatória, tendo em vista o grande poder de captura e depredação dos cardumes por petrechos proibidos de pesca como os retirados dos rios pelos policiais. As equipes continuam a fiscalização para a prevenção à pesca predatória e para proteção da Unidade de Conservação contra outros tipos de crimes, informou a PMA.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Modelo é estuprada sob ameaça e usa rede social para falar do crime
POLÍTICA
Maia diz que visita de secretário de Trump afronta autonomia do Brasil
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 22 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa
FUTEBOL
Prefeitura do Rio autoriza volta do público aos jogos no Maracanã
CAPITAL
Um dia após pedir medida protetiva, mulher tem pertences incendiados
RECURSOS NATURAIS
Egressa da UEMS desenvolve cosméticos artesanais veganos
SÃO GABRIEL
Censurado, outdoor anti-bolsonarista amanhece com Artigo da Constituição
UFGD
Inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Letras-Libras começam 2ª-feira
BRASILÂNDIA
Após ganhar liberdade, mulher que matou homem volta para prisão
RECURSOS
União deposita R$ 20 milhões da Lei Aldir Blanc para Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
BNH III PLANO
Ladrões tentam invadir residência de juiz em Dourados
REGIÃO
Empresário é sequestrado e morto quando visitava túmulo do filho
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados