Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
(67) 99659-5905
PIRACEMA

Pescador pula no rio e nada até a margem ao ser flagrado em MS

31 dezembro 2019 - 13h00Por Redação

Um homem foi flagrado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) às 20h30 de segunda-feira (30) pescando com rede no Rio Taquari em pleno período de piracema. Quando avistou os policiais, porém, ele pulou do barco, nadou até a margem e conseguiu fugir pela mata em meio à escuridão.

As autoridades detalham que duas equipes atuavam em fiscalização preventiva, monitorando cardumes e cortando anzóis de galho (petrechos proibidos) que estavam armados no rio.

Uma das equipes descia com o motor desligado e em uma região conhecida como “Rebojo” quando surpreendeu o pescador que estava em uma canoa armando o petrecho ilegal.

Quando os policiais ligaram o motor para a abordagem, o pescador percebeu que era a PMA e pulou no rio, nadando para a margem e adentrou em uma mata, abandonando a rede e a canoa que utilizava na pescaria criminosa.

Apesar de diligência, devido à escuridão e a mata ser muito fechada, o pescador não foi localizado. A tarrafa e a canoa foram apreendidas e felizmente ele iniciava a pescaria ilegal e ainda não havia capturado nenhum pescado. Nos dois rios, as equipes ainda retiraram e apreenderam 81 anzóis de galho, petrechos proibidos, mesmo com pesca aberta, que estavam armados nos rios.

A PMA informou que tentará identificar o pescador pelas características da canoa. Se identificado, ele responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Há também previsão de multa administrativa de R$ 700,00 a R$ 100.000,00.

Além disso, equipes continuarão se revezando em fiscalização preventiva, fundamental para evitar a depredação dos cardumes, especialmente com uso desses tipos de petrechos ilegais que possuem alto poder de captura, neste período crítico de piracema. Esse trabalho é importante, mesmo que em algumas vezes os infratores consigam fugir, pois em princípio, inibem que alguns vão pescar no período de defeso, e também, para retirar petrechos ilegais que são verdadeiras armadilhas de depredação dos cardumes.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Grande Prêmio do Brasil de F1 pode ser cancelado
CAMPO GRANDE
1ª Câmara Criminal nega recurso de condenado por usar CNH falsa
BRASIL
Governo ainda estuda recriar Ministério da Segurança, diz Mendonça
CRIME AMBIENTAL
PMA desmonta acampamento de pescadores e apreende petrechos ilegais
PANDEMIA
Governo de MS prorroga medidas de apoio aos empresários
ELEIÇÕES
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
BRASIL
CPB promove camping virtual com jovens atletas de natação
REGIÃO
Corpo é encontrado no Rio Paraguai
DOURADOS
Entardecer faz temperatura cair 5°C em pouco mais de uma hora
PANDEMIA
Entre as 10 com mais casos de coronavírus em MS, cidade retomará aulas presenciais

Mais Lidas

PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai