Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CRIME AMBIENTAL

Paulista é autuado em R$ 800 mil por construir drenos e causar degradação

18 dezembro 2019 - 20h05Por Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Chapadão do Sul, quando autuaram nesta quarta-feira, dia 18 de dezmebro, um proprietário rural paulista por construção de drenos ilegais em área de várzea.

Na propriedade do autuado há uma área úmida de 356,5 hectares, conforme o Cadastro Ambiental Rural (CAR), localizada à margem direita do Córrego Indaiá. Na vistoria, os Policiais verificaram que em 160 hectares da área, medidos em GPS, foram realizadas aberturas no solo por meio de escavação de mais de um metro de profundidade, em forma cônica na superfície com um metro de largura, afunilando-se para 40 centímetros ao fundo. Os drenos eram de várias extensões, ligando-se a um canal central que deságua no leito do Córrego Indaiá.

Na análise da área alterada e danificada, os Policiais perceberam tratar-se de Área protegida de Preservação Permanente (APP), composta por várias nascentes, existentes à margem direita do córrego Indaiá, margeando a rodovia Br 060,

O proprietário da fazenda, de 61 anos, morador na cidade de Santana da Ponte Pensa, no interior de São Paulo, foi autuado administrativamente e multado em R$ 800.000,00. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. O infrator também foi notificado a apresentar plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
Ciclista morre após ser atropelado por carro na Avenida Marcelino Pires
INFORMAÇÃO
Especialista recomenda prazo de adaptação à Lei de Proteção de Dados
PANDEMIA
Rio de Janeiro registra 10.667 mortes por coronavírus
CAMPO GRANDE
Moradores da Capital realizam ação solidária e arregacam 1t de alimentos
ESPORTES
Flamengo vence com tranquilidade e se aproxima do título estadual
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office
FUTEBOL
Fluminense e Botafogo empatam sem gols no Nilton Santos

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta