segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
CASA DE OURO

Operação cumpre sete mandados em MS contra esquema de fraudes em licitações

10 julho 2024 - 09h07Por Adriano Moretto

Esquema de fraudes em processos licitatórios descobertos em investigações anteriores, resultou em nova ação na manhã desta quarta-feira (10/7) quando força-tarefa envolvendo a Receita Federal, Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e o Ministério Público Federal, deflagraram a Operação Casa de Ouro. 

São sete mandados de busca e apreensão cumpridos em Campo Grande pelos agentes.

A intenção dos trabalhos, segundo a Receita Federal, é combater organização criminosa “especializada na fraude de certames licitatórios e no desvio de recursos públicos”. 

Os alvos foram identificados em operações anteriores, como a Lama Asfáltica, Mineração e Terceirização de Ouro.

Conforme nota encaminhada à imprensa nesta manhã, as investigações decorrem da contratação indevida de empresa por meio de licitações fraudulentas.

Na ocasião, utiliza-se conluio prévio entre as pessoas jurídicas vinculadas participantes do certame e agentes públicos.

“Com base na análise do material apreendido nas operações anteriores, bem como dos dados obtidos no bojo da investigação com as quebras de sigilos bancários, fiscais e telemáticos, verificou-se que foram criados diversos mecanismos de blindagem para dissimular a destinação dos recursos debitados nas contas da empresa contratada antes de chegarem às contas do destinatário final”, diz em nota a Receita Federal do Brasil.

Parte desses valores era depositado em contas de outras pessoas jurídicas, porém, transações bancárias e documentos apreendidos evidenciam vínculos entre o beneficiário do crédito bancário.

O cumprimento das determinações judiciais na capital tem como objetivo demonstrar, via investigação, a existência de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro dos supostos envolvidos, “buscando a confirmação de transações imobiliárias ocultas, bem como movimentações financeiras envolvendo terceiros”, finaliza o material divulgado. 

Participam da operação cinco auditores-fiscais e cinco analistas tributários da Receita Federal, além de 28 policiais federais, dois procuradores da República e dois servidores da CGU.


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE

Homem aceita 'swing', surta ao ver esposa com amigo e a agride

OPORTUNIDADE

Leilão da Receita tem nova edição com iPhones, vinhos e veículos

IVINHEMA

Mulher denuncia ex-marido e atual companheira por importunação

RURAL

BNDES vai disponibilizar R$ 66,5 bilhões para o Plano Safra

AQUIDAUANA

Jovem ferido se esconde de bombeiros que tentavam socorrê-lo

ECONOMIA

Primeiras notas do real vão sair de circulação; entenda por quê

Motociclista morre dois meses após ser atingido por veículo

POLÍTICA

Brasil chama embaixador na Argentina para consultas sobre Milei

Motorista que atropelou e matou motociclista é condenado

JUDICIÁRIO

Abin Paralela: Moraes retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

Mais Lidas

ABUSO SEXUAL

Homem é preso em flagrante acusado de estuprar sobrinha em Dourados

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho