Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Obreiro que estuprou criança nega crime, é indiciado, mas continua solto

17 janeiro 2020 - 18h05Por Da Redação

O obreiro de 23 anos de idade, acusado de estuprar uma criança de 11 anos em Campo Grande, foi ouvido pela Polícia Civil nesta sexta-feira, dia 17 de janeiro, e negou a autoria do crime. Segundo o site Midiamax, ele foi indiciado por estupro de vulnerável e ameaça, mas responde em liberdade.

De acordo com as informações da delegada Franciele Candotti Santana, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente) as investigações continuam para saber se o homem possa ter feito outras vítimas, já que realizava um trabalho na igreja.

O caso só foi descoberto na segunda quinzena de dezembro de 2019, quando ao levar os filhos para a casa da sogra, o menino mais velho se recusou a ir. Ao questioná-lo, a mãe acabou descobrindo os abusos. O primeiro estupro teria ocorrido em 2013, quando a vítima tinha apenas quatro anos, mas a violência passou a ser recorrente nos últimos três anos. Os estupros eram registrados pelo celular do obreiro, que ameaçava o garoto caso ele contasse para alguém.

O menino demorou a contar o que acontecia por sentir vergonha, também por ser ameaçado pelo autor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Equipamentos de combate a incêndio e caminhões-pipa são enviados a Costa Rica e Corumbá
DOURADOS
No Dia Estadual do Chamamé, grupo leva música à Praça Paraguaia; veja vídeo
PANDEMIA
Após seis dias, Dourados volta a registrar óbitos por coronavírus
COSTA RICA
Passageiro de moto ao ser arremessado após colisão com ônibus
PANDEMIA
MS ultrapassa 63 mil casos de coronavírus e tem mais 14 mortes em 24h
TJMS
Candidatos à eleição podem tirar certidões on-line
INCÊNDIO
Parlamentares visitam áreas queimadas no Pantanal
É LEI EM MS
Normas sobre violência obstétrica são alteradas
DOURADOS
Dupla ameaça mulher com chave de fenda para roubar dinheiro
TRÁFICO
Homem é preso tentando levar maconha e skunk até Minas Gerais

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados
FRONTEIRA
Estudante morre após procedimento estético em clínica clandestina