Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
PONTA PORÃ

Mulher é assassinada a facadas pelo companheiro após se negar a deixar festa

23 dezembro 2019 - 11h00Por Da Redação

Marli de Fatima Chaves, 48, foi assassinada a facadas pelo companheiro na madrugada desta segunda feira (23/12) após sair de uma festa no Assentamento Nova Itamarati, em Ponta Porã, região de fronteira com o Paraguai. O crime ocorreu por volta das 2h50.

O suspeito está identificado como Willian, 27, preso pela Polícia Militar do assentamento em uma residência nas imediações. Ele estava com a faca utilizada no feminicidio.

Segundo o Porã News, o rapaz disse à polícia que teria discutido com a mulher por querer deixar a festa, com a vítima se negado. O rapaz então se deslocou até a casa onde mora com Marli e a esfaqueou. 

Os golpes atingiram a cabeça dela e partes do corpo. Ainda de acordo com o site, após cometer o crime ele se dirigiu até uma residência nas imediações onde acabou preso.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV DOURADOS NEWS
UFGD prepara volta remota das aulas no início de agosto
FUTEBOL
Fifa adia início das eliminatórias sul-americanas para outubro
CAMPO GRANDE
Polícia encontra mais de 100kg de drogas em residência
CASSEMS
Veja quem pode e como realizar testes rápido e molecular para detecção de Covid-19
REGIÃO
PMA apreende petrechos ilegais de pesca no rio Miranda
BRASIL
Mourão: empresários pedem definição de metas para a Amazônia
LADÁRIO
Homem posta vídeo de manobras perigosas em caminhonete e é multado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda nesta sexta em semana marcada por sobe e desce
CAMPO GRANDE
Corpo de homem com mãos e pés amarrados é encontrado em mata
MS-162
Mais de meia tonelada é apreendida em Dourados após perseguição

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências