Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905
CRIME AMBIENTAL

Mulher de 66 anos é autuada em R$11,7 mil por derrubada de árvores

08 abril 2020 - 10h27Por Da Redação

Na tarde desta terça-feira (07), policiais ambientais de Cassilândia, que atuam na Operação Semana Santa, autuaram a proprietária de uma fazenda no município, por derrubada de diversas árvores de grande porte de vegetação nativa de cerrado, em área de pastagem.

De acordo com informações da PMA, no local estava sendo efetuada a limpeza de uma área consolidada de pastagem, equivalente a 39 hectares, porém, como ficou muito tempo sem manutenção no local, a área já estava em estágio avançado de regeneração e algumas árvores já haviam atingido o porte com formação de material lenhoso, de aproveitamento obrigatório.

Além disso, haviam árvores das espécies balsimim, angico, faveiro, vinhático, pau-terra, entre outras, pré-existentes da formação antiga da pastagem que também foram derrubadas. 

O material lenhoso das árvores derrubadas pelas máquinas pela raiz estava distribuído em vários montes no local. O genro da proprietária da fazenda apresentou a PMA, uma Autorização Ambiental Eletrônica (AAE) do órgão ambiental estadual para limpeza de pastagem, porém, para aquela formação vegetal, exigia-se uma licença de desmatamento.

A licença de limpeza de pastagem só permite a derrubada de arbustos, com diâmetro abaixo de 32 centímetros na altura do peito (Circunferência a altura do Peito - CAP, que é considerada a 1,30 metros de altura da vegetação), com uso de roçadeiras ou foices. 

De acordo com a PMA, essas licenças são retiradas online no site do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL), para facilitação aos proprietários rurais, por serem atividades de baixo impacto, porém, alguns proprietários aproveitam para realizar desmatamentos e tentam justificar com essas autorizações.

As atividades foram interditadas e a infratora, residente em Chapadão do Sul, foi autuada administrativamente e multada em R$ 11,7 mil. Ela também responderá por crime ambiental com pena de três a seis meses de detenção.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
OMS interrompe ensaio clínico com cloroquina em pacientes com covid-19
CAMPO GRANDE
Homem cai de altura de 3 metros após sofrer descarga elétrica
ECONOMIA
Inadimplência cresce 26,3% em instituições privadas de ensino superior
PANDEMIA
Em dia de novo recorde de infecções, secretário alerta para assintomáticos
DOURADOS
Secretaria retoma aulas na Reme, mas mantém suspensas atividades nas escolas indígenas
ECONOMIA
Ministro da Infraestrutura aposta no sucesso na venda de aeroportos
CORONEL SAPUCAIA
PM apreende 33,5 kg de maconha com dupla paranaense
LEVANTAMENTO
Nem frio nem corona faz sul-mato-grossense ficar em casa, e isolamento atinge apenas 50% no fim de semana
PANDEMIA
Voluntários entregam ala reformada do HV para atender pacientes com coronavírus
DOURADOS
Câmara quer Audiência com prefeita para tratar retorno das aulas na Reme

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista