Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CURTO-CIRCUITO

Morre 22ª vítima de incêndio no Hospital Badim, no Rio de Janeiro

02 dezembro 2019 - 19h35Por Agencia Brasil

Com a morte de uma mulher neste domingo, dia 1º de desembro, no Hospital Quinta d’Or, subiu para 22 o número de vítimas do incêndio no Hospital Badim, no bairro do Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, ocorrido no dia 12 de setembro deste ano.

No dia do incêndio, uma grande operação foi montada com dezenas de macas colocadas na calçada para abrigar os internos. Uma creche, que fica ao lado do hospital, foi usada para atendimento até que as vítimas fossem transferidas para outros hospitais das redes particular e públicas de saúde da região.

De acordo com a perícia técnica, o fogo começou devido a um curto-circuito no gerador, instalado no subsolo. O equipamento é dotado de grande quantidade de combustível e é usado em casos de falta de luz. O produto inflamável alimentou uma fumaça que tomou todo o prédio rapidamente. O gerador tem capacidade para ser usado por longo tempo, caso haja interrupção no fornecimento de energia durante atendimento aos pacientes no centro cirúrgico.

Dos 103 pacientes envolvidos no incêndio, quatro continuam internados e 77 tiveram alta. Do total de 21 colaboradores e acompanhantes internados em consequência do fogo, todos já tiveram alta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Fifa adia início das eliminatórias sul-americanas para outubro
CAMPO GRANDE
Polícia encontra mais de 100kg de drogas em residência
CASSEMS
Veja quem pode e como realizar testes rápido e molecular para detecção de Covid-19
REGIÃO
PMA apreende petrechos ilegais de pesca no rio Miranda
BRASIL
Mourão: empresários pedem definição de metas para a Amazônia
LADÁRIO
Homem posta vídeo de manobras perigosas em caminhonete e é multado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda nesta sexta em semana marcada por sobe e desce
CAMPO GRANDE
Corpo de homem com mãos e pés amarrados é encontrado em mata
MS-162
Mais de meia tonelada é apreendida em Dourados após perseguição
BRASIL
Prova de vida de aposentados e pensionistas é suspensa até setembro

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências