Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
CRISE

Moro: motim é 'ilegal', mas PM não pode ser visto como criminoso

29 fevereiro 2020 - 13h20Por G1

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, afirmou neste sábado (29) que a paralisação dos policiais militares no Ceará é ilegal. Moro também disse que os PMs não podem ser tratados como criminosos.

"O governo federal vê com preocupação a paralisação que é ilegal da Polícia Militar do estado. Claro que o policial tem que ser valorizado, claro que o policial não pode ser tratado de maneira nenhuma como um criminoso. O que ele quer é cumprir a lei e não violar a lei, mas de fato essa paralisação é ilegal, é proibida pela Constituição", disse Moro.

A afirmação foi feita durante o 6º encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) que ocorre em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, desde sexta-feira (28). Governadores de sete estados estão reunidos no evento, entre eles, o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD).

O papel das forças armadas
Moro afirmou que o governo federal se apressou para dar o suporte preciso ao Ceará. "Nós recebemos o pedido da intervenção da Força Nacional de Segurança Pública no meio da tarde de uma quinta-feira. Após reunião do nosso grupo de crise, dentro do Ministério da Justiça, nós decidimos por aquele envio", explicou.

"O papel das forças armadas não é o papel primário, de fato, de realizar a segurança pública. Esse é uma espécie de desvio da função primária das forças armadas. Então tem que existir uma situação muito grave para que seja decretada a GLO [Garantia da Lei e da Ordem], mas houve essa percepção pelo presidente [Jair Bolsonaro] que, mesmo resistente à essa questão, decretou a GLO, e o Exército foi para lá", disse Moro.

Na segunda-feira (24), Moro visitou o Ceará junto com o ministro da Defesa e com o da Advocacia-Geral da União (AGU). Na ocasião, ele disse que não havia uma situação de absoluta desordem nas ruas. Até aquele dia, 147 assassinatos tinham sido registrados no Ceará.

"O interesse do governo federal é que o problema seja resolvido", também afirmou Moro neste sábado.
A paralisação
Os policiais militares estão em greve, no Ceará, desde 18 de fevereiro.

O motim começou quando homens encapuzados que se identificaram como agentes de segurança do Ceará invadiram e ocuparam quartéis, depredando veículos da polícia.

Com motim de policiais, número de assassinatos no Ceará mais que dobra em fevereiro
Os policiais militares reivindicam aumento salarial acima do proposto pelo governador Camilo Santana (PT).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONDENAÇÃO
Banco indenizará empresa após denúncia de fraude em aplicativo
ECONOMIA
Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro
Projeto autoriza Executivo a captar recursos internos para infraestrutura rodoviária
APRECIAÇÃO DOS DEPUTADOS
Projeto autoriza Executivo a captar recursos internos para infraestrutura rodoviária
Militar da Aeronáutica morre após ser atropelado por caminhão
CAMPO GRANDE
Militar da Aeronáutica morre após ser atropelado por caminhão
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
DOURADOS
Ocupação de leitos públicos de UTI recua após passar uma semana acima de 80%
ESTADUAL DE FUTEBOL
Clássico 'comerário' define vaga para a semifinal nesta quarta
DESENVOLVIMENTO
Estado reúne gestores para consolidar estratégia e governança de tecnologia de MS
MPF RECORREU
'Galã' é condenado pela Justiça a 8 anos de prisão por lavagem de dinheiro
BLACK FRIDAY
Correios posta mais de 2,2 milhões de encomendas em único dia e registra recorde

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
CAMPO GRANDE
Homem apontado como parente de Rafaat é executado em frente a presídio