Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Marçal Filho lamenta morte de policiais militares

03 fevereiro 2010 - 09h23

Nesta terça, feita durante pronunciamento na Câmara Federal, o deputado Marçal Filho lamentou a morte dos policiais militares Sul-mato-grossenses Valenzuela, Francisco Lopes, Adevaldo Alves de Oliveira e Oscar Castelo, PMs cabos todos e estendeu o sentimento de pesar aos familiares e à toda uma corporação.

Os três PMs foram Vítimas de um acidente automobilístico nenhuma final da tarde de segunda-feira, na BR 163, principal rodovia do Estado. O grupo formado, por quatro policiais, estava indo para Campo Grande com um vôo pegar um um destino Brasília-DF, onde participariam, ontem, da Marcha de Cabos e Soldados, em Defesa da Aprovação da Projeto de Emenda Constitucional, n. º
300/08 (PEC 300).

"A maior homenagem póstuma que podemos prestar um esses policiais, que morreram a caminho de uma luta em favor da sua categoria, e aprovação uma PEC 300, que era sonho desses homens de visão ", conclamou o deputado na tribuna.
 
Milhares de Manifestantes representando entidades de classe das Policiais Militares do Brasil inteiro lotaram a galeria do Plenário da Câmara Federal em silêncio e ouviram a notícia dos colegas da Morte, deputado pelo Dada Marçal Filho, o momento foi de muito comoção. A categoria reivindica um
rápida Aprovação da PEC 300, que equipara seus salários aos dos integrantes da Polícia Federal.

Vestidos de branco e laranja, os Manifestantes recolheram assinaturas que Serão adicionadas ao manifesto que entregarão ao presidente da Câmara Federal, Michel Temer (PMDB / SP), pedindo um Aprovação da PEC. Uma delegação de PMs assistiu a Solenidade de Abertura do Ano Legislativo, das galerias do Plenário da Câmara, enquanto outros ocuparam os corredores, fazendo trabalho
Convencimento de parlamentares para uma de conveniência de sua reivindicação.

"Estou engajado nessa luta em favor dos policiais brasileiros, há muito Tempo e manifestei o meu apoio à categoria. Estamos vivendo um momento Histórico. Tenho a certeza que a luta desses homens não será em vão. Eels morreram lutando pela aprova um projeto de lei de que é uma questão de dignidade humana para esses trabalhadores que arriscam suas vidas todos os
dias para nos trazer segurança ", ressaltou o parlamentar.

O deputado ainda desejou melhoras ao subtenente Leucione Larcerda Duarte, que também estava com as Vítimas no momento do acidente e permanece internado num hospital, de Dourados. Ele ficou ferido, mas não corre risco de morte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua
CULTURA
CineClube UEMS terá encontros online com filmes sobre pandemia
LOTERIA
Confira os números da Mega-Sena, que paga prêmio de R$ 33 milhões
JARAGUARI
Caminhonete paraguaia com R$ 5 mil em multas é apreendida em MS
CORUMBÁ
Companhia aérea deve indenizar por atraso de voo sem justificar motivo
SAÚDE
HU de Dourados lança Manual de Aleitamento Materno em formato de livro
CAMPO GRANDE
Homem passa mal, mobiliza Bombeiros e Samu e morre a caminho de UPA
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.086 mortes por Civid-19 em 24 horas e chega a 25.598

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher