Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Laudo preliminar diz que agressões não foram suficientes para matar mulher

01 novembro 2017 - 10h16Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Laudo preliminar aponta que Neusa Vera, 37, teria morrido em decorrência de causas naturais e não após agressões. O óbito da mulher foi registrado na noite de segunda-feira (30) no assentamento indígena Ñ Porã, em Dourados. 

Conforme o apurado pelo Dourados News, a delegada titular da Delegacia da Mulher no Município, Paula Ribeiro dos Santos, já encaminhou à Justiça o pedido de soltura de causadas , Rusimar Cáceres, 24, principal suspeito, que passará por audiência de custódia ainda hoje (1).

De acordo com o documento, Neusa possuía vários sinais de agressões pelo corpo, porém, no entender do legista, não o suficiente para causar a sua morte. 

A principal suspeita é que ela possa ter morrido por asfixia ou parada cardíaca, já que consumia bebida alcoólica antes do fato.

Ao ser preso, Rusimar contou à polícia que morava com a vítima há um mês e saiu para trabalhar na segunda. Quando retornou, a encontrou bebendo com homem identificado como Lelo Rodrigues. 

Cansado, disse ter jantado e deitado. Mais tarde, conforme depoimento do suspeito, ouviu-se grito de socorro e quando chegou, encontrou Neusa caída.

Lideranças indígenas foram acionadas e contataram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém, a mulher estava morta.

Apesar do depoimento do rapaz, testemunhas confirmaram que ele havia cometido o crime. 

Rusimar permanece preso no aguardo da decisão judicial e as investigações sobre o caso continuam, incluindo a realização de exames mais detalhados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Homem é assassinado a golpes de faca no abdômen e na cabeça
POLÍTICA
Nelsinho Trad recebe do Dnit garantia de R$ 41,2 milhões para obras em MS
POLÍCIA
Homem é preso após subornar policiais militares com "corrente de ouro"
SAÚDE
Profissionais da maternidade do HU recebem curso sobre imunização
CAPITAL
Motorista de carro que bateu em carreta morre após parada cardiorrespiratória
TECNOLOGIA
WhatsApp agora permite silenciar conversas e grupos; veja como fazer
TRIBUNAL DO JURI
Sobrinho que matou tio a tiros em conveniência sai livre de julgamento
JUSTIÇA
Lote de habitação popular deve ser quitado com falecimento de beneficiário
REGIÃO
PF prende golpista que enviou molho de tomate a cliente que pagou por celular
BRASIL
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS