Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Ladrão de moto é preso tentando se esconder dentro de banheiro

08 janeiro 2020 - 09h54Por Da Redação

A Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos), em averiguação de denúncia no bairro Parati, em Campo Grande, identificou a presença de três motos na varanda e dois carros no quintal de uma casa na Rua do Piano. Duas motocicletas possuíam registro de furto.

Os policiais flagraram o proprietário do imóvel escondido no banheiro. 

Durante buscas na residência, os policiais identificaram diversas peças desmontadas de motocicletas e ferramentas, inclusive pinos para remarcação de chassi.

No terreno ao lado foi localizado uma placa de motocicleta com restrição de furto, placa HSW-1437.

Concluídas as buscas e as apreensões o autor, de 25 anos, foi conduzido para a Defurv. Ele responderá pelo crime de Receptação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Começam nesta segunda-feira as aulas de forma remota na UFGD
AVANÇO DA COVID-19
Brasil se aproxima de 95 mil mortes por Covid, com média de 995 por dia
CAMPO GRANDE
Guarda patrimonial é preso por dirigir embriagado dentro do Detran
MEIO AMBIENTE
Paulista é autuada em R$ 116 mil por desmatamento para pastagem
PANDEMIA
Idosa morre em Aquidauana por Covid-19 e óbitos chegam a 15
COMÉRCIO EXTERIOR
Balança comercial tem superávit recorde de US$ 8,06 bilhões em julho
CAPITAL
Polícia apreende quase 4 toneladas de maconha que seguiria para o RJ
PANDEMIA
Taxa de letalidade da Covid-19 sobe para 1,6% em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA
Dólar fecha em forte alta e volta a superar R$ 5,30
AÇÃO CONJUNTA
Operação intensifica combate aos incêndios na região do Pantanal

Mais Lidas

ACIDENTE
Motociclista perde controle da moto e invade estabelecimento na Marcelino Pires
ACIDENTE
Jovem é atropelado em Dourados e motorista foge do local sem prestar socorro
TRÁFICO DE DROGAS
Força Aérea persegue pilotos que sobrevoavam MS com mais de 1 t de cocaína
DOURADOS
Quatro pessoas são presas acusadas de fazerem parte de facção criminosa