Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
OMERTÀ

Justiça decreta preventiva de Jamil Name e filho por execução de filho de PM

27 novembro 2019 - 18h35Por Da Redação

Uma força-tarefa composta por quatro delegados de Polícia Civil pediu a decretação da prisão preventiva para Jamil Name, Jamil Name Filho e o grupo criminoso acusado de articular e executar o assassinato de Mateus Coutinho Xavier, 20 anos. De acordo com o site Midiamax, o rapaz foi morto por engano, sendo que o alvo seria o pai dele, o policial militar Paulo Xavier. O crime aconteceu no dia 9 de abril deste ano.

O pedido de prisão preventiva foi deferido pelo juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, nesta quarta-feira, dia 27 de novembro. Em sua decisão, o juiz Aluizio ainda expediu mandados de prisão com validade até 8 de abril de 2039 para os investigados que se encontram foragidos.

“(…) durante as investigações, ficou demonstrado que todos os representados, em autêntica divisão de tarefas, meticulosamente planejaram a morte de Paulo Roberto Teixeira, mas por erro na execução, ceifaram a vida de Matheus”, consta no pedido da força-tarefa da Polícia Civil.

Foram pedidas as prisões de Vladenilson Daniel Olmedo, José Moreira Freires, Juanil Miranda Lima, Eurico dos Santos Mota e Marcelo Rios.

O pedido faz parte das investigações que levaram a deflagração da Operação Omertà, em setembro deste ano, ocasião que foram presos Jamil Name, filho, guardas municipais, policiais civis e até policial federal. A investigação também indica que o grupo seria responsável por três execuções em Campo Grande, todas com armamento de guerra, apreendido sob a guarda de Marcelo Rios, inclusive um fuzil AK-47 usado na morte de Matheus.

Conforme a investigação policial, Name e o filho foram os mandantes da morte de Paulo e teriam determinado que Marcelo Rios contratasse os pistoleiros que executariam o crime. Vladenilson e Marcelo foram os intermediários, sendo que contrataram José Freires e Juanil para executarem o crime. Eurico foi o responsável para localizar o endereço atualizado da vítima, também contratou um hacker para obter a localização em tempo real de Paulo Xavier.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Itamaraty lamenta morte do embaixador Paulo Cesar de Oliveira Campos
RIO DE JANEIRO
Polícia apreende 10 toneladas de peças automotivas falsificadas
CRIME AMBIENTAL
PMA multa pescadores, apreende barco e motor em Ivinhema
PANDEMIA
Apenas quatro cidades de MS ainda não registraram casos de Covid-19
EDUCAÇÃO
Prouni disponibilizará 167.789 bolsas em 1.061 instituições privadas
CAMPO GRANDE
Mais de 12 toneladas de peixe passam por fiscalização na Capital
EDUCAÇÃO
Sisu tem 814,47 mil candidatos inscritos em todo Brasil
CRIME AMBIENTAL
Denúncia termina com a prisão de caçador com rifles e munições
CASSILÂNDIA
Justiça aumenta pena-base de condenado por estelionato
BRASIL
Covid-19: voo com carga de máscaras de cirúrgicas chega ao Brasil

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências