Menu
Busca segunda, 29 de novembro de 2021
Dourados
30°max
19°min
Campo Grande
28°max
21°min
Três Lagoas
32°max
25°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
CAARAPÓ

Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso

02 dezembro 2020 - 14h55Por Gizele Almeida e Osvaldo Duarte

Foi autuado por homicídio doloso, Gabriel, 22 anos, responsável pela morte da esposa, uma adolescente de 16 anos. O delegado titular da Polícia Civil Erasmo Cubas em entrevista ao Dourados News informou a decisão. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (02), em Caarapó. 

Para a polícia, não há nenhum fato apurado até ao momento que indique que o autor praticou violência de gênero contra a vítima, para que o caso seja tratado como feminicídio. 

Conforme mostrado pelo Dourados News, Lorraine da Silva Parrim,16 anos, foi assassinada por Gabriel com um golpe mata-leão.  No boletim de ocorrência, consta que a vítima sofria transtornos psicológicos e teria tido um surto com o filho de sete meses no braço, momento que Gabriel interviu para pegar a criança. Diante do fato, ela teria avançado no rapaz com um facão, sendo que ele então deixou a criança e a imobilizou com o golpe mata-leão que culminou na morte

O delegado disse ao Dourados News, no início desta tarde que esta versão é investigada e é prematuro afirmar que os transtornos psicológicos da adolescente deram início ao fato. 

“Constatamos que a vítima tinha  sim oscilação temperamental, mas ainda é primário afirmar que os fatos se iniciaram através desse transtorno por isso que o autor está sendo preso em flagrante pelo crime de homicídio”, apontou ao citar ainda qualquer análise de algum excludente de ilicitude como legítima defesa, ficará a cargo do judiciário que vai receber a comunicação nas próximas horas. 

Ainda conforme Cubas, provas colhidas no local como atestados médicos, remédios e outras comprovam que a vítima possuía transtornos psicológicos. 

Para a polícia, inicialmente é notório que o autor utilizou o golpe mata-leão para tentar se defender, porém, o mesmo “perdurou além do necessário”, o que causou o óbito em tese por asfixia, o que ainda depende de complementação de laudo necroscópico para poder ser certificado. 

Por volta das 14h30, o corpo de Lorraine foi liberado do Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Dourados.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Prazo para aderir ao acordo direto em precatório termina amanhã
Show da Maiara e Maraísa marca retomada de grandes eventos no dia 07, em Dourados
Informe Publicitário
Show da Maiara e Maraísa marca retomada de grandes eventos no dia 07, em Dourados
Em nota, PRF lamenta morte de policial procurado após tiros em motel
CAMPO GRANDE
Em nota, PRF lamenta morte de policial procurado após tiros em motel
Secretário estadual autoriza compra de aeronaves por 11 milhões de dólares
SEGURANÇA PÚBLICA
Secretário estadual autoriza compra de aeronaves por 11 milhões de dólares
Chuva faz temperatura despencar e encerra período de estiagem em Dourados
CLIMA 
Chuva faz temperatura despencar e encerra período de estiagem em Dourados
ECONOMIA
Salários dos servidores estaduais serão pagos dia 1° de dezembro
CORUMBÁ
Traficante abandona veículo com 47 quilos de cocaína em aeroporto
ARTIGO
Caixa d´água não é luxo. É necessidade
DOURADOS
Maiores de 18 anos imunizados até 29 de julho podem tomar reforço
TV DOURADOS NEWS
Fernando Duarte lutará em Brasilândia nesta sexta-feira no evento UFTI de MMA

Mais Lidas

DOURADOS
Vítima diz que assaltante devolveu dinheiro roubado após oração
CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre e mulher fica gravemente ferida após colisão frontal na MS-306
DOURADOS
Homem invade residência da ex, agride jovens com garrafa e acaba preso
LOTERIAS
Sete apostas de Dourados faturam R$ 1,1 mil na quadra