Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
CAARAPÓ

Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso

02 dezembro 2020 - 14h55Por Gizele Almeida e Osvaldo Duarte

Foi autuado por homicídio doloso, Gabriel, 22 anos, responsável pela morte da esposa, uma adolescente de 16 anos. O delegado titular da Polícia Civil Erasmo Cubas em entrevista ao Dourados News informou a decisão. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (02), em Caarapó. 

Para a polícia, não há nenhum fato apurado até ao momento que indique que o autor praticou violência de gênero contra a vítima, para que o caso seja tratado como feminicídio. 

Conforme mostrado pelo Dourados News, Lorraine da Silva Parrim,16 anos, foi assassinada por Gabriel com um golpe mata-leão.  No boletim de ocorrência, consta que a vítima sofria transtornos psicológicos e teria tido um surto com o filho de sete meses no braço, momento que Gabriel interviu para pegar a criança. Diante do fato, ela teria avançado no rapaz com um facão, sendo que ele então deixou a criança e a imobilizou com o golpe mata-leão que culminou na morte

O delegado disse ao Dourados News, no início desta tarde que esta versão é investigada e é prematuro afirmar que os transtornos psicológicos da adolescente deram início ao fato. 

“Constatamos que a vítima tinha  sim oscilação temperamental, mas ainda é primário afirmar que os fatos se iniciaram através desse transtorno por isso que o autor está sendo preso em flagrante pelo crime de homicídio”, apontou ao citar ainda qualquer análise de algum excludente de ilicitude como legítima defesa, ficará a cargo do judiciário que vai receber a comunicação nas próximas horas. 

Ainda conforme Cubas, provas colhidas no local como atestados médicos, remédios e outras comprovam que a vítima possuía transtornos psicológicos. 

Para a polícia, inicialmente é notório que o autor utilizou o golpe mata-leão para tentar se defender, porém, o mesmo “perdurou além do necessário”, o que causou o óbito em tese por asfixia, o que ainda depende de complementação de laudo necroscópico para poder ser certificado. 

Por volta das 14h30, o corpo de Lorraine foi liberado do Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Dourados.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
TERENOS
Homem é encontrado morto em varanda de residência
MS terá "pacote" de obras de R$ 376 milhões para pavimentação e restauração de estradas
INVESTIMENTO
MS terá "pacote" de obras de R$ 376 milhões para pavimentação e restauração de estradas
DEFINIÇÃO
Inep abre novo prazo para candidatos com Covid pedirem reaplicação do Enem 2020
MINISTRO DA SAÚDE
Pazuello diz que começa a distribuir vacinas às 7h de segunda-feira para todos os estados
CORONAVÍRUS
Distribuição de vacina será acompanhada pelas forças de segurança federais e estadual
MEDIDA
Proibição de corte no fornecimento de água segue até o fim de janeiro na capital
SEU BOLSO
Órgãos de proteção alertam consumidor sobre compra de material escolar
DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
PANDEMIA
Permanece alta taxa de ocupação de leitos UTI Covid-19 em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
DOURADOS 
Prefeitura anula 75 das exonerações anunciadas no meio da semana