Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Jovem é baleado e diz à polícia que não sabe quem atirou

18 setembro 2020 - 06h13Por Da Redação

Um jovem de 21 anos foi baleado na tarde desta quinta-feira, dia 17 de setembro, próximo ao Centro de Educação Infantil no Bairro Alves Pereira em Campo Grande. O rapaz foi atingido na mão esquerda, braço direito e perna esquerda. Ele foi levado para atendimento e não corre risco de morte.

Segundo o site Midiamax, a vítima disse à polícia que fazia caminhada na região do Bairro Alves Pereira quando escutou barulhos de tiros e no mesmo momento caiu ao solo. O jovem conta que não sabe quem atirou e que não possui desavença com ninguém.

A vítima também relatou que desmaiou e foi socorrido por familiares ao Pronto Socorro da Santa Casa. De acordo com a polícia, o rapaz baleado possui várias passagens policiais, mas não tem nenhum mandado de prisão em aberto. O caso foi registrado como tentativa de homicídio simples.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em R$ 3 mil por matar cachorro de vizinho a pauladas
PONTA PORÃ
Bombeira salva bebê com cordão umbilical enrolado no pescoço
EDUCAÇÃO
UEMS oferta mais de 400 vagas para cursos de graduação EaD em 12 polos
PEDRO GOMES
‘Benzedeira do PCC’ promete amor de volta e mulher perde R$ 17 mil
LEVANTAMENTO
Dourados mantém saldo positivo de empregos pelo quinto mês seguido
DOURADOS
Investigação termina com apreensão de adolescente, drogas, arma e munições
BRASIL
Barroso pede a candidatos que sigam alertas para evitar covid-19
MATO GROSSO DO SUL
Governador autoriza promoções e progressões para Bombeiros e Polícia Militar
CLIMA
Chuva acumulada em Dourados pode superar média histórica de outubro
BRASIL
Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS