Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99659-5905
PEDRO JUAN

Jovem de 18 anos é executado a tiros em assentamento da fronteira

22 janeiro 2020 - 06h14Por Da Redação

O jovem Pablo Enrique Márquez Lara, de apenas 18 anos, foi executado a tiros na noite desta terça-feira, dia 21 de janeiro, no assentamento de São Francisco, em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

O atirador estava em uma motocicleta e abordou o rapaz em frente à residência dele. Antes de fugir o suspeito pegou o celular da vítima. Ainda não há informações sobre quantos disparos atingiram o rapaz.

Pablo foi encaminhado ao posto de saúde João Paulo II, mas quando chegou a unidade já estava morto. O caso será investigado pela 4ª Delegacia de Polícia do bairro de San Juan Neuman. Segundo o site Campo Grande News, a suspeita é de que o suposto latrocínio (roubo seguido de morte) se trate na verdade de um ajuste de contas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGRONEGÓCIO
Exportações de carne de aves em MS aumentam em 25% no primeiro semestre
CORONAVÍRUS
Coordenador de enfermagem relata realidade de profissionais em meio a pandemia
TRIBUTO
Licenciamento de veículos com placas finais 5 e 6 vence em julho
LEGISLATIVO DE MS
Atividades presenciais na Assembleia continuam até o final de agosto
EDUCAÇÃO
MEC deve divulgar resultado do SISU nesta terça
CAMPO GRANDE
TJMS condena réu de tentativa de furto por resistência e desacato
ECONOMIA
Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente
PANDEMIA
Secretarias municipais devem encaminhar resultados de testes rápidos da Covid-19 à SES
CALIFÓRNIA
Corpo de atriz de Glee é encontrado por oficiais
REGIÃO
Adolescente é apreendido pela PM pela décima vez em 2020

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem