Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
PARAGUAI

Jornalista pode ter sido executado a mando de facção, diz promotor

14 fevereiro 2020 - 22h35Por Da Redação

O promotor Marcelo Pecci, um dos investigadores do assassinato do jornalista Leo Veras, informou que as investigações apontam que a execução do profissional pode ter sido a mando de uma das facções criminosas que disputam o domínio do tráfico de drogas, na fronteira de Mato Grosso do Sul. O oficial, no entanto, não detalhou qual o principal grupo investigado, segundo ele, para não atrapalhar nos trabalhos.

Na região, predominam o PCC (Primeiro Comando de Capital) e o CV (Comando Vermelho). “A investigação está em seu curso normal, diria que bastante avançada, no entanto, ainda não descobrimos um fato mais consistente, sobre o que teria motivado o ataque”, disse o promotor em entrevista a rádio ABC Cardinal do Paraguai, nesta sexta-feira. Sem dar muitos detalhes, Pecci também confirmou que o jornalista havia sido ameaçado de morte. "Há evidências que comprovam que ele recebeu ameaças”, afirmou.

O caso

Leo Veras jantava com a família por volta de 20h de quarta-feira (12), em Pedro Juan, quando três pistoleiros encapuzados invadiram a casa no Jardim Aurora e o atingiram com vários tiros de pistola 9 milímetros e fuzil. Os bandidos fugiram no mesmo carro que usaram para chegar ao local, um Jeep Cherokee branco. Leo chegou a ser levado para um hospital particular em Pedro Juan Caballero, mas não resistiu aos ferimentos. 

A Polícia Nacional diz ter cinco frentes de investigação para tentar prender mandantes e os pistoleiros que executaram o jornalista. Quatro promotores enviados de Assunção pela Procuradoria-Geral de Justiça se juntaram ao promotor de Pedro Juan Caballero Marco Amarilla, para comandar a força-tarefa que tenta prender os matadores de Leo Veras.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com cidade tomada por mato, prefeitura reforça apelo judicial para destravar limpeza
DOURADOS
Com cidade tomada por mato, prefeitura reforça apelo judicial para destravar limpeza
EDUCAÇÃO
FNDE prorroga prazo para renovação semestral do Fies
Grupo aborda vítima e rouba celular na Vila Olímpica
POLÍCIA
Grupo aborda vítima e rouba celular na Vila Olímpica
ECONOMIA
Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios
Homem tem moto furtada no Alto das Paineiras
POLÍCIA
Homem tem moto furtada no Alto das Paineiras
APARECIDA DO TABOADO
Cocaína avaliada em R$ 18 milhões é encontrada em caminhão parado em posto
SAÚDE & BEM - ESTAR
Unimed Dourados é certificada com o Selo Unimed de Governança e Sustentabilidade 2020
MS
Vítimas de violência doméstica terão prioridade em programas habitacionais
INFORME PUBLICITÁRIO
Mahogany chega em Dourados com novo conceito em fragrâncias
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam hoje

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
MAUS TRATOS
Mãe é denunciada após apagar cigarro na mão da filha em Dourados
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso