Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CURTO-CIRCUITO

Incêndio causa estragos em casa de acolhimento de Campo Grande

10 janeiro 2020 - 16h20Por Da redação

Pelo menos três cômodos do Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante e População de Rua), na Capital, foram destruídos pelo fogo na tarde desta sexta-feira (10/1).

O incêndio causado por um curto-circuito deteriorou depósitos de colchões e de alimentos de acordo com informações do site Campo Grande News.  

Militares do Corpo de Bombeiros estiveram no local para controlar o fogo, sendo necessário subir no telhado do imóvel. O quadro de distribuição de energia fica na sala de colchões do centro. 

Ao todo, foram usados 3 mil litros de água para controlar o incêndio. As equipes levaram 20 minutos para controlar as chamas e quase uma hora no rescaldo.

O prédio não foi interditado, mas segundo o Corpo de Bombeiros a orientação dada a prefeitura é para que os cômodos atingidos não sejam frequentados nos próximos dias, já que a estrutura do teto ficou comprometida.

ACOLHIMENTO 

O Cetremi é uma casa de passagem que oferece acolhimento para migrantes, imigrantes e população em situação de Rua. Cerca de 100 pessoas fazem as refeições e dormem no local por dia. Lá são oferecidos orientações, aconselhamentos psicossociais, alojamento, alimentação e higienização.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Metade dos leitos de UTI de MS está ocupado
CAMPO GRANDE
Festa com 80 pessoas em plena pandemia é finalizada pela Guarda
MS
Jovem morre após namorado capotar carro em Campo Grande
PANDEMIA
Secretário alerta que pessoas com covid-19 devem procurar hospital ao menor sinal de piora do quadro
MS E OUTROS ESTADOS
Ministério certifica instituições por contratar quase 17 mil presos
PANDEMIA
Morre ex-deputado Nelson Meurer, condenado na Lava Jato e internado por Covid-19
REGIÃO
Homem é autuado em quase R$ 10 mil por derrubada de árvores ilegal
ESTADO
Governo divulga passo a passo para servidor fazer exame de coronavírus pelo plano de saúde
BRASIL
“O trabalho remoto veio pra ficar”, diz presidente do TST
ESTADO
Governo executa tapa-buraco e projeta recapeamento na MS-382, acesso a Bonito

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados