Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905
PROCURADO

Identificado chefe de quadrilha que cavou túnel para roubar banco na Capital

02 abril 2020 - 20h35Por Da Redação

Mais conhecido como “Velho”, um dos bandidos mais procurados do Brasil, especializado em roubo a bancos, foi preso durante uma operação da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul no último dia 13 de março. Na ocasião, ele apresentou nome falso, mas durante investigação a polícia descobriu esta semana que “Velho” é chefe da quadrilha que tentou roubar, por meio de um túnel, a agência do Banco do Brasil, em Campo Grande.

Segundo o site Midiamax, o homem foi preso na cidade de Marília, no interior de São Paulo, durante ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro (Garras), quando foram cumpridos quatro mandados de prisão e sete de busca e apreensão nos estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Na ocasião, “Velho” identificou-se aos policiais como Márcio Dorneles Mandes Junior. No entanto, durante a investigação e compartilhamento de informações com a Polícia Civil de outros estados, foi descoberto que o “Velho”, como é conhecido entre os membros da organização criminosa, utilizava diversos nomes falsos para praticar crimes.

Os investigadores do Garras identificaram pelo menos onze nomes que ele utilizou, sendo: Marcio Dorneles Mendes Junior; Ernande Pereira da Silva; Ermandes Pereira da Silva; Ernandes Pereira A Silva; Hernandes Pereira da Silva; Jose Abílio Xaster; José Abílio Xastre; Jose Ferreira da Silva; José Inácio de Sa Goncalves; Jose Wichester e Armando Cezário.

Após identificado pelos policiais, foi então que a polícia descobriu que “Velho” era considerado um dos bandidos mais procurados do Brasil pela prática de roubo a banco. Já foi processado mais de oitenta vezes em estados do nordeste, centro-oeste e sudeste. O homem possuía mais de 30 anos de pena para cumprir, condenações que já foram prescritas. Um dos mandados de prisão ainda vigente é da comarca de Catalão, em Goiás.

Túnel

A tentativa frustrada de roubar o Banco do Brasil em Campo Grande ocorreu em dezembro do ano passado. A Polícia Civil apurou que os bandidos gastaram cerca de R$ 1 milhão para fazer um túnel, que já tinha cerca de 60 metros de comprimento, quando a polícia chegou ao local. No dia em que foi desencadeada a primeira fase, foram presos sete dos criminosos e outros 2 morreram em confronto com os policiais do Garras. 

A polícia identificou que toda ação contou com 25 criminosos. Os outros membros da organização criminosa ainda estão sendo procurados, já que vários mandados de prisão foram expedidos após investigações que ocorreram nos últimos nove meses.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DURANTE A PANDEMIA
Saiba quais foram as maiores lives musicais realizadas na internet
SOLIDARIEDADE
Ação de ONG leva roupas e itens de higiene para famílias de Campo Grande
BRASIL
Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira
CORRIDA ESPACIAL
SpaceX e Nasa lançam foguete com astronautas nos EUA
BRASIL
Cidade de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho
"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos