Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Homem leva coronhada na cabeça e tiro na boca após cobrar dívida

16 setembro 2020 - 18h35Por G 1

Um homem, de 26 anos, foi agredido com uma coronhada na cabeça e levou um tiro na boca na noite desta terça-feira, dia 15 de setembro, no bairro Guaicurus, em Campo Grande. O principal suspeito é um devedor da vítima, com quem teve uma briga no último domingo (13).

Segundo o boletim de ocorrência, após a briga no fim de semana o suspeito escutou boatos que seria cobrado pela dívida e foi até a casa da vítima tirar satisfação. No local, depois de discutirem ele desferiu uma coronhada na cabeça da vítima e em seguida disparou conta o homem atingindo sua boca.

A vítima foi socorrida pelo irmão, levado para o Hospital da Santa Casa da capital e não corre risco de vida. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e até a publicação dessa matéria o suspeito ainda não havia sido localizado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BELA VISTA
Rapaz morre com tiro no peito às margens do rio Apa, Polícia investiga
FUTEBOL
Conmebol anuncia data, horário e local das Eliminatórias para a Copa
POLÍCIA
Menina de 7 anos fica ferida após ser atingida no rosto por tiro
POLÍTICA
Câmara dos Deoutados aprova MP que recria o Ministério das Comunicações
JOÃO PAULO II
Trio é preso acusado de tráfico de drogas em Dourados
UFGD
Começam hoje as inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Educação do Campo
DOF
Confronte a tiros na região de fronteira deixa saldo de três mortos
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil passa de 137 mil mortes por Covid-19; média de 748 na semana
CAPITAL
Enteada é arrastada em carro por 50 metros ao tentar defender a mãe
SAÚDE
Dia de Conscientização do Alzheimer alerta para o diagnóstico precoce

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
ESTADO
Confraternização em fazenda termina com tragédia após briga familiar
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita