Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
MEIO AMBIENTE

Homem é preso com papagaios e pássaros em operação preventiva

29 setembro 2017 - 07h30

Este é um período preocupante para a PMA com relação ao tráfico de animais silvestres, pois, de agosto a dezembro é o período de reprodução do papagaio que é a espécie mais traficada no Estado. Devido a alguns levantamentos preocupantes realizados pelo Setor de Inteligência relacionados com relação ao tráfico de animais, a PMA está realizando trabalhos preventivos nas propriedades rurais, por meio de informação da legislação e Educação Ambiental, visto que o modus operandi principal dos traficantes é de aliciamento dos sitiantes. assentados e funcionários de propriedades rurais, para que retirem os animais e os avisem para que os comprem. Muitas pessoas fazem isto, às vezes, sem saber que estão cometendo crime ambiental.

A região principal do problema está sendo monitorada, tais como, os municípios de Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo. Nessa região, ninhos também estão sendo monitorados pelos Policiais, para evitar a retirada dos filhotes, visto que essa é a preocupação maior. A base do trabalho é evitar a retirada das aves, evitando custos à fauna e ao Estado, tendo em vista os altos custos financeiros, até a reintrodução dos filhotes na natureza.

Ontem, dia 28 de setembro, equipes da PMA de Batayporã, enquanto realizavam prevenção e orientação nas propriedades rurais e assentamentos, no sentido de evitar que as aves sejam retiradas dos ninhos, receberam informações de que um homem, residente em um acampamento de sem-terras, localizado à margem da BR 376, nas proximidades do córrego Baile, no município de Nova Andradina, estaria efetuando a captura de papagaios.

Uma equipe foi ao local e encontrou o infrator (25), que já havia capturado dois papagaios e dois canários-da-terra. As aves foram apreendidas. As informações indicavam que o infrator recebera encomenda para a retirada de grande quantidade de papagaios, o que indica que os trabalhos preventivos da PMA estão surtindo efeito.

O infrator foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina e responderá por crime ambiental. A pena é de seis meses a um ano de detenção. A PMA também autuou o infrator administrativamente e arbitrou multa de R$ 4.000,00

As aves serão encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRANDE DOURADOS
Carreta da Justiça atenderá Jateí na segunda-feira
TRF3
Advogado está isento de anuidade da OAB a partir dos 70 anos de idade e 30 de contribuição
BRASIL
Anvisa recebe pedido para análise da vacina da Janssen-Cilag
PANDEMIA
Fachin solicita informações sobre cumprimento de liminar que restringiu operações policiais no RJ
Dezembro terá três leilões com mais de 700 motocicletas pelo Detran
MS
Dezembro terá três leilões com mais de 700 motocicletas pelo Detran
ELEIÇÕES 2020
Para justificar ausência no domingo, eleitor deve baixar e-Título hoje
STF
Ministro intima PGR para que se manifeste sobre desistência de Bolsonaro de prestar depoimento
ESTADO
Agepen institui comissão para regulamentar critérios na seleção de reeducandos para o trabalho
STJ
Joesley Batista terá de pagar R$ 300 mil a Michel Temer por danos morais
INVESTIGAÇÃO
Perícia no tapa-buracos de Dourados deve ter resultado preliminar na segunda-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça