Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CRIME AMBIENTAL

Homem é autuado por derrubar árvores para exploração da madeira

01 outubro 2020 - 18h35Por Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Jardim, que trabalham nas propriedades rurais na operação Focus em prevenção aos incêndios, realizavam fiscalização em uma fazenda no município de Nioaque, a 22 km da cidade e encontraram árvores de grande porte derrubadas para exploração da madeira na propriedade, nesta quinta-feira, dia 1º de outubro.

A equipe constatou o corte de seis árvores de grande porte da espécie sucupira, que tiveram a madeira explorada e o produto não estava mais na fazenda. O gerente não soube informar o destino do material explorado.

Apenas algumas copas das árvores e pequenos pedaços e tábuas de madeira foram encontrados no local da exploração. O proprietário da fazenda (64), residente em Fátima do Sul, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.800,00

Deixe seu Comentário

Leia Também

AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil chega a 159 mil mortos por Covid, com média móvel de 439 por dia
TEMPORÁRIOS
Divulgado resultado de seleção para contratação de médicos legistas
NAVIRAÍ
Homem espancou ex com socos e joelhadas, desfigurando o rosto dela
EDUCAÇÃO
UFGD realiza colação de grau de diversos cursos por webconferência
CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em R$ 3 mil por matar cachorro de vizinho a pauladas
PONTA PORÃ
Bombeira salva bebê com cordão umbilical enrolado no pescoço
EDUCAÇÃO
UEMS oferta mais de 400 vagas para cursos de graduação EaD em 12 polos
PEDRO GOMES
‘Benzedeira do PCC’ promete amor de volta e mulher perde R$ 17 mil
LEVANTAMENTO
Dourados mantém saldo positivo de empregos pelo quinto mês seguido
DOURADOS
Investigação termina com apreensão de adolescente, drogas, arma e munições

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS