Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
CORUMBÁ

Homem admite ter matado amante da esposa, mas vai ficar em liberdade

14 outubro 2021 - 06h15Por Da Redação

João Vitor Rodrigues se apresentou à polícia na tarde desta quarta-feira, dia 13 de outubro, e admitiu ter assassinado o suposto amante da esposa, Admir Acosta, de 54 anos, na noite de terça-feira (12), em Corumbá, cidade localizada na região de fronteira com a Bolívia. Apesar da confissão o suspeito vai responder pela acusação de homicídio em liberdade, pois não houve flagrante.

Em depoimento ao delegado Nicson Lenon Cruz Galisa, acompanhado de um advogado o suspeito contou que era alvo frequente de provocações da vítima. Ainda segundo o suspeito, Admir tinha o hábito de andar armado com um revólver. Segundo o site Campo Grande News, na noite do crime, diante de mais provocações e achando que a vítima estava armado, João Vitor atropelou Admir e, na sequência, ainda desferiu vários golpes de faca no pescoço do homem. A esposa da vítima flagrou o assassinato.

De acordo com o delegado, nesta quinta-feira (14), João Vitor retornará na delegacia para apresentar a faca e o veículo usados no crime. Mais detalhes sobre o depoimentos do suspeito não foram divulgados, para não atrapalhar a investigação.

"Há princípio ele vai responder em liberdade pelo crime de homicídio simples, mas isso pode mudar, caso sejam identificadas outras qualificadoras ao longo da investigação. A princípio, não há indícios que resultem em uma prisão em flagrante", conclui o delegado.

O crime

De acordo com as informações do registro policial sobre o caso, foi a própria mulher de Admir, quem informou que o marido, supostamente, mantinha uma relação extraconjugal com a esposa de João Vitor. Ela contou que estava limpando a residência, quando o marido foi jogar entulho em um terreno baldio, entre as ruas Rio Grande do Norte e Alexandre de Castro, por volta de 19h50.

A esposa conta que o marido foi andando até o terreno, que fica na mesma rua da casa do casal e na sequência, flagrou João Vitor Rodrigues atropelando a vítima. Admir caiu no chão, então, João Vitor desceu e desferiu vários golpes de faca no pescoço dele. A vítima não resistiu e morreu no local

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Conselho de Ética da UEMS prorroga inscrições para candidatos a eleição
Membro do PCC é o quarto preso de bando que roubou três aviões
NÚMEROS DA PANDEMIA
Média móvel de mortes por Covid completa 2 semana abaixo de 400
Homem morto em troca de tiros era especialista em invadir comércios
CAMPO GRANDE
Homem morto em troca de tiros era especialista em invadir comércios
MERCADO FINANCEIRO
Dólar comercial cai para R$ 5,55 em dia de ajustes no mercado
CAPITAL
Homem é suspeito de estuprar enteada durante idas da esposa à igreja
EDUCAÇÃO
MS lança programa para melhorar alfabetização da rede pública
PÓS TEMPORAL
Há quase 48h sem energia, moradores relatam dificuldades em bairro de Dourados
PORTO MURTINHO
Homem morre após perder controle de direção e cair em ribanceira
AÇÃO PARLAMENTAR
Simpósio aborda uso de tecnologias para área da Engenharia de Agrimensura

Mais Lidas

CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
ACIDENTE
Morto em acidente na BR-163 voltava de festa em Caarapó
DOURADOS
Vento supera 40 quilômetros por hora e grande perigo de tempestade inicia de tarde