Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
FRONTEIRA

Helicóptero que retornava de operação cai em Pedro Juan Caballero

21 novembro 2019 - 16h20Por Da Redação

Um helicóptero das Forças Armadas do Paraguai que realizava trabalhos junto a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) caiu próximo ao depósito de uma fábrica na tarde desta quinta-feira (21/11), em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil através de Ponta Porã. 

De acordo com o portal do jornal ABC Color, não houve vítimas fatais e algumas pessoas que estavam em terra acabaram feridas com o fato. 

Após o choque com o depósito, um incêndio começou no local.

O Corpo de Bombeiros de Pedro Juan foi acionado e trabalha na ocorrência. Bombeiros brasileiros também prestam ajuda.  

Ainda segundo o portal, o ministro da Senad, Arnaldo Giuzzio, afirmou que a aeronave era das Forças Armadas e regressava de uma operação em conjunto entre a Senad e autoridades brasileiras. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Jovem é presa ao pedir carona para transportar mochila com cocaína
CÓDIGO PENAL
Senado Federal aprova pena maior para crimes de racismo e homofobia
OPERAÇÃO SPARTACUS
Exército prende 2 pessoas, apreende 57 armas e 25 mil munições
POLÍTICA
Bolsonaro edita MP que isenta conta de luz para moradores do Amapá
NOVA ANDRADINA
Polícia Civil destrói 822 quilos de drogas no Vale do Ivinhema
REGIÃO
Startup-se Bioeconomia reúne jovens para identificar oportunidades
CAPITAL
Dependendo de moto para trabalhar, família tem veículo furtado
JUDICIÁRIO
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa
Sobe para 41 o número de mortos em acidente no interior de São Paulo
UEMS
Thiago, de 21 anos, pesquisa as potencialidades da Guabiroba-verde

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ