Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Gangue desacata e agride policial e dois terminam presos

14 dezembro 2003 - 11h24

O casal Nilza Silvéria Pessoa, de 32 anos, e o policial militar Antonio Carlos Lobo, de 40 anos, foram xingados por uma gangue enquanto passavam de carro pelo cruzamento da Rua Três Lagoas com Rua Beirute, no bairro Santo Amaro, em Campo Grande, por volta das 21h40 de ontem.De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Civil, o policial saiu do carro para tomar satisfação e vários jovens começaram a agredi-lo. Sua esposa tentou ajuda-lo, mas também foi alvo da violência da gangue. Nilza sofreu ferimentos na cabeça, braços e pernas e seu marido no braço. Os jovens foram detidos e no caminho para o 1° DP (Departamento de Polícia) o assoalho do camburão ficou danificado. Claudia Lima, de 20 anos, confessou ter sido a autora de tal delito contra patrimônio público. O outro detido foi Leonardo Américo da Costa Aragão, de 19 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRA O COVID-19
Barreiras sanitárias abordam sete mil pessoas por dia em MS
DOURADOS
Aulas na Rede Municipal devem continuar suspensas até início de maio
POLÍCIA
Caminhão com 450 mil maços de cigarro é apreendido em Caarapó
COVID-19
Saúde de MS recomenda uso de máscaras por toda população
ECONOMIA
Governo começa a pagar auxílio emergencial de R$ 600 na quinta
UNIGRAN
Carreira em Administração: há muitas vagas, mas exige profissionais idealizadores
INTERNACIONAL
Premiê britânico segue estável e de bom humor, diz porta-voz
CORONAVÍRUS
MS ocupa as últimas colocações em ranking de isolamento nacional
OPERAÇÃO SEMANA SANTA
Trabalho de prevenção e repressão à pesca predatória tem inicio hoje em MS
FUTEBOL
Após apelo, CBF destina R$ 19 milhões a clubes e federações

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida