Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
SAPUCAIA

Foragido por matar e enterrar corpo de jovem é preso na fronteira

27 dezembro 2019 - 06h13Por Da Redação

Suspeito de participar da execução do jovem Josué Cardozo Martinez, de 22 anos, em outubro deste ano, Agustin Ovelar, de 61 anos, foi preso nesta quinta-feira, dia 26 de dezembro, na região da Colônia Mariscal Lopez em Capitan Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

O filho de Agustin, identificado como Bonifacio Ovelar Paredes, de 21 anos, também teria participado do assassinato, mas ainda não foi localizado pela polícia. Segundo o site Campo Grande News, o corpo de Josué, que estava desaparecido há 4 dias foi encontrado já em decomposição, na Colônia Piray, a pelo menos 40 km do território brasileiro. O rapaz foi morto com três tiros na cabeça.

Desde então Augustin e o filho estavam foragidos, contudo, na manhã de ontem (26) o criminoso foi surpreendido por investigadores da Divisão de Investigações Criminais de Casos Puníveis da Policía Nacional do Paraguai enquanto caminhava pela colônia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
TRAGÉDIA
Ciclista morre após ser atropelado por carro na Avenida Marcelino Pires
INFORMAÇÃO
Especialista recomenda prazo de adaptação à Lei de Proteção de Dados
PANDEMIA
Rio de Janeiro registra 10.667 mortes por coronavírus
CAMPO GRANDE
Moradores da Capital realizam ação solidária e arregacam 1t de alimentos
ESPORTES
Flamengo vence com tranquilidade e se aproxima do título estadual
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário