Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
POLÍCIA

Foragido desde 2012, assassino passa festas de fim de ano em MS e é preso

16 janeiro 2020 - 14h05Por Redação

Policiais civis da Delegacia de Paranhos capturaram e prenderam o autor de um homicídio cometido no ano de 2012, naquela cidade, e que estava foragido no Paraguai desde então.

A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (16), depois que as autoridades foram informadas que o criminoso, de 34 anos, teria retornado à cidade para as festas de final de ano, tendo inclusive agredido uma pessoa a facadas.

Com informações obtidas, os policiais passaram a monitorar a área rural onde o mesmo habitava, conseguindo prendê-lo por força de um mandado de prisão preventiva.

Na época do crime, o homem teria vitimado um indígena, de 17 anos, que morava na aldeia Potrero Guassu, em Paranhos. A vítima foi alvejada por um disparo de arma de fogo próximo ao olho.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Ministério Público pede impugnação de candidata a vice em cidade de MS
NEGÓCIOS & CIA
Trabalho em Equipe: veja boas formas de garantir o coleguismo dentro de franquias
CENSO ESCOLAR
Redes públicas de ensino registram 36,1 milhões matrículas
LEGISLATIVO DE MS
Combate aos golpes financeiros contra idosos é aprovado em 1ª
MATO GROSSO DO SUL
Publicado decreto que regulamenta Lei Aldir Blanc no Estado
ECONOMIA
Produção agrícola de MS atingiu recorde de R$ 19,2 bi em 2019
APÓS 10 ANOS
Conselho da Uems se reúne para definir volta de vestibular
OPERAÇÃO FOCUS
Pecuarista é multado em R$ 6,5 mil por incêndio em área de vegetação nativa
DOURADOS
Ex-secretário que cumpria prisão domiciliar é colocado em liberdade
COMER BEM
Saladas Mr Fit: variedade para sua dieta

Mais Lidas

DECIBÉIS
Operação do Gaeco mira fraudes em licitações e cumpre cinco mandados em Dourados
INVESTIGAÇÃO
Policiais do Gaeco fazem nova operação em Dourados
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h