Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CRIME

Filho que estuprou, matou e carbonizou a mãe em Dourados é preso

28 dezembro 2019 - 07h45Por André Bento e Osvaldo Duarte

O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil em Dourados prendeu na manhã deste sábado (28) Paulinho Cabreira, de 19 anos. Ele foi alvo de mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça criminal da comarca acusado de estuprar e matar a própria mãe, antes de carbonizar o corpo dela na antevéspera de Natal.

Ao Dourados News, o delegado Rodolfo Daltro informou que deve concluir o inquérito policial na próxima semana e encaminhar os autos para subsidiar a denúncia que o MPE-MS (Ministério Público Estadual) poderá oferecer ao Judiciário.

“Ontem terminamos o procedimento de identificar as testemunhas e imediatamente representamos pela prisão dele. A liberdade do Paulinho causava descrédito ao Estado, à Justiça, por toda a violência do crime e toda repercussão. Sabíamos que seguindo a lei não poderíamos fazer a prisão em flagrante, mas representamos pela prisão preventiva, o Ministério Público manifestou-se favorável e o Judiciário decretou a prisão preventiva”, informou.

Paulinho Cabreira é apontado como autor do crime bárbaro cometido no dia 23 de dezembro, no Parque Alvorada. Segundo a polícia, no interrogatório desta manhã, ele confessou que a sua mãe, Marina Cabreira, de 42 anos, embriagada, dormiu no chão da sala, momento em que ele passou a estuprá-la. Durante o ato sexual a vítima acordou, sendo então esfaqueada por ele, que ainda ateou fogo ao corpo dela.

Antes de fugir, Paulinho furtou um rádio pertencente ao convivente da mãe. A polícia informou ainda que após a prisão ele mostrou-se preocupado com o destino de R$ 2 mil que vítima teria depositado em uma conta bancária, situação classificada como demonstração de frieza pelas autoridades policiais.

“Com a prisão preventiva ele aguardará todo o processo da ação penal preso. É uma resposta à sociedade, porque uma situação dessa causava descrédito”, pontuou Daltro.

O delegado detalhou ainda que Paulinho Cabreira foi preso em uma propriedade na Aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
TRAGÉDIA
Ciclista morre após ser atropelado por carro na Avenida Marcelino Pires
INFORMAÇÃO
Especialista recomenda prazo de adaptação à Lei de Proteção de Dados
PANDEMIA
Rio de Janeiro registra 10.667 mortes por coronavírus
CAMPO GRANDE
Moradores da Capital realizam ação solidária e arregacam 1t de alimentos
ESPORTES
Flamengo vence com tranquilidade e se aproxima do título estadual
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário