Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CRIME AMBIENTAL

Fazendeiro é multado em R$ 46 mil por desmatamento de vegetação nativa

07 março 2020 - 10h21Por Da Redação

Policiais Militares Ambientais de São Gabriel do Oeste vistoriaram uma fazenda no município de Camapuã nesta sexta-feira, dia 06 de março, em razão de um desmatamento ilegal de 46,46 hectares de vegetação nativa do bioma cerrado, descoberto por imagem de satélite.

O proprietário da fazenda realizou o desmatamento no ano de 2017 e a área já estava com plantio de pastagem e criação de gado bovino. Havia parte da madeira proveniente da vegetação desmatada em leiras em meio à pastagem no local. A caracterização do uso atual e aferição da área foi realizada com uso de drone e GPS.

As atividades foram interditadas e o infrator de 82 anos, residente em Camapuã, foi autuado administrativamente por supressão vegetal e foi multado em R$ 46.460,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena de três a seis meses de detenção. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Homem é encontrado morto com tiro no pescoço em bairro da Capital
BRASIL
Presidente Bolsonaro sanciona lei que amplia uso de assinatura digital
MARACAJU
Polícia apreende mais de 500 quilos de maconha em veículo abandonado
MS
Investigação aponta fazendas onde começou incêndio gigantesco no Pantanal
ANTÔNIO JOÃO
Casal é preso na região de fronteira com 126 quilos de cocaína
UEMS
Publicado Edital da Segunda Edição do Auxílio para Acesso à Internet
CAPITAL
Motorista que levou dois tiros foi atacado em local conhecido como "Buracão"
PARQUE
Ação conjunta vai resgatar animais silvestres na área atingida pelos incêndios
BONITO
Indígenas "fecham" unidade da Funai em protesto contra nomeação
TJ/MS
Justiça permite troca de sobrenome de infantes para homenagear avô

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada