Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
MEIO AMBIENTE

Fazendeiro é autuado em R$ 5 mil por degradação de matas ciliares

17 setembro 2017 - 10h21

Uma área de matas ciliares de um córrego foi localizada com diversas degradações em uma propriedade rural, porque era utilizada para dessedentação e forrageamento de rebanho bovino no município de Cassilândia. O local se encontrava degradado por alguns processos erosivos, devido ao pisoteio dos animais e também as matas ciliares do curso d’água eram desmatadas.

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Cassilândia que realizava fiscalização autuou ontem (16) o fazendeiro, por degradação e desmatamento de matas ciliares do córrego que corta sua propriedade (Área de Preservação Permanente – APP).

O infrator, de 63 anos, residente em Cassilândia, foi autuado administrativamente por danificar área considerada de preservação permanente (matas ciliares) e foi multado em R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de detenção de um a três anos.

As atividades foram interditadas e o proprietário rural foi notificado a retirar o gado das áreas protegidas e a realizar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Comerciante leva multa de R$ 37 mil por desmatamento em Bela Vista
BELEZA
Especialista revela o porque da procura por dentistas para realizar aplicações de botox
DIREITOS HUMANOS
Estatuto da Criança e do Adolescente ganhará versão em Libras
R$ 863 MIL
Prefeito da Capital anuncia compra de “kit prevenção” à Covid-19
ESPORTES
Sob forte chuva, Hamilton garante pole position no GP de Estíria
ESPORTES
Comitê Olímpico confirma Missão Europa na próxima sexta-feira
CORONAVÍRUS
Deputados podem votar projeto de indenização a profissionais de saúde na terça
PANDEMIA
Surto de Covid-19 nas Américas está longe de acabar, dizem cientistas
JUSTIÇA
Ronaldinho Gaúcho tem recurso negado e segue preso no Paraguai
PMA
Pescadores de São Paulo são autuados por crime ambiental em MS

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências