Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
FRONTEIRA COM MS

Fazendas de traficante no Paraguai são confiscadas

12 agosto 2020 - 19h50Por G 1

A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai informou nesta quarta-feira, dia 12 de agosto, que está confiscando cinco propriedade rurais de Luiz Carlos da Rocha, o "Cabeça Branca", considerado um dos maiores traficantes da América do Sul, e que está preso desde julho 2017. A detenção ocorreu em Sorriso, no Mato G|rosso.

Policiais destacados para a operação batizada de Spectrum, chegaram as fazendas logo pela manhã. Em uma delas, na fronteira com o Brasil em Mato Grosso do Sul, foram encontradas 900 cabeças de gado. A propriedade é avaliada em US$ 7 milhões.

Outras propriedades de "Cabeça Branca" também já foram localizadas no Brasil e chegaram a ser colocadas em um leilão, em agosto de 2019, mas não houve interessados. As fazendas estão localizadas em Marcelândia, a 712 km de Cuiabá, no norte mato-grossense. Uma delas, denominada como Fazenda Estrelinha possui 596,4595 hectares entre área aberta utilizada para a produção de grãos e mata nativa.

O local contém como benfeitorias: dois barracões, duas casas de alvenaria e quatro casas de madeira. Ela está avaliada em R$ 7.517.400,00. Já a segunda fazenda, chamada de Fazenda Jupinda 2, tem 620,5725 hectares, encontra-se coberta por vegetação nativa e não possui benfeitorias. Sua avaliação é R$ 1.241.145,00.

Cabeça Branca

De acordo com a Polícia Federal, Cabeça Branca era um dos traficantes mais procurados pela Polícia Federal e pela Interpol na América do Sul, considerado um dos 'barões das drogas' do Brasil ainda em liberdade, já condenado pela Justiça Federal a penas que somam mais de 50 anos de prisão.

Para se esconder, o traficante fez cirurgias plásticas para alterar suas feições e usava, atualmente, a identidade de Vitor Luiz de Moraes, ainda de acordo com a PF.

No entanto, ele foi localizado recentemente pela área de combate ao tráfico de drogas da PF, que precisou acionar a perícia. Com dados fotográficos, concluiu-se que Luiz Carlos da Rocha e Vitor Luiz de Moraes são a mesma pessoa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Modelo é estuprada sob ameaça e usa rede social para falar do crime
POLÍTICA
Maia diz que visita de secretário de Trump afronta autonomia do Brasil
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 22 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa
FUTEBOL
Prefeitura do Rio autoriza volta do público aos jogos no Maracanã
CAPITAL
Um dia após pedir medida protetiva, mulher tem pertences incendiados
RECURSOS NATURAIS
Egressa da UEMS desenvolve cosméticos artesanais veganos
SÃO GABRIEL
Censurado, outdoor anti-bolsonarista amanhece com Artigo da Constituição
UFGD
Inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Letras-Libras começam 2ª-feira
BRASILÂNDIA
Após ganhar liberdade, mulher que matou homem volta para prisão
RECURSOS
União deposita R$ 20 milhões da Lei Aldir Blanc para Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
BNH III PLANO
Ladrões tentam invadir residência de juiz em Dourados
REGIÃO
Empresário é sequestrado e morto quando visitava túmulo do filho
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados