domingo, 05 de dezembro de 2021
Dourados
36°max
23°min
Campo Grande
33°max
23°min
Três Lagoas
38°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Família Mazzaropi vendeu há 86 dias, helicóptero que caiu na fronteira

21 outubro 2021 - 21h05Por G 1

O helicóptero que caiu e matou duas pessoas carbonizadas, na manhã desta quarta-feira, dia 20 de outubro, foi vendido pela empresa "SPE 8 MZ Negócios imobiliários", que pertence à família do ator Amáncio Mazzaropi - grande nome do cinema brasileiro -, no dia 27 de agosto deste ano. Em nota enviada pela companhia, a aeronave Robinson, modelo R66, foi vendida para a "Construtora JPL".

Em nota, a SPE 8 MZ Negócios imobiliários destacou que após a quitação do pagamento, pela Construtora JPL, a venda foi comunicada à Anac (Agência Nacional de Avião Civil) no início deste mês, com documento de transferência protocolado desde 14 de outubro deste ano.

"Deixamos expressamente consignado que nossa empresa – assim como qualquer empresa ou pessoa participante do nosso grupo – não possui qualquer relação com o atual dono da aeronave, nem com o uso da mesma após a venda. Primamos nossa atuação pela conformidade às lei e regulamentações aplicáveis, e permanecemos ao dispor das autoridades para colaborar com quaisquer informações que se apresentem", firmou a companhia em nota.

Conforme repassado pela empresa da família de Mazzaropi, o CNPJ da companhia para que foi vendido o helicóptero não foi encontrado na base de dados da Receita Federal.

Investigação

Em investigação, o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco), apontou que, em cinco minutos, a dupla entrou em território brasileiro, em Ponta Porã, na região de fronteira com o Paraguai, e houve o acidente.

Conforme a polícia, os rapazes estavam transportando 246 kg de cocaína pura. A investigação constatou que eles decolaram, por volta das 3h30, do Paraguai, e entraram no território brasileiro pela região rural de Ponta Porã, voando a baixa altura.

Na ocasião, pelo clima e horário, havia muito nevoeiro, o que dificultava a visualização do voo em relação ao terreno, de acordo com o Dracco. Desta forma, a polícia aponta que, em cerca de cinco minutos, eles colidiram violentamente com o solo em uma área de plantação de soja.

Identificação

A polícia identificou como sendo Matheus Henrique dos Santos Venâncio de 20 anos e Pedro Augusto Boim de 24 anos, os mortos após a queda do helicóptero, na manhã dessa quarta-feira (20).

Mesmo com a identificação por parte das mães, o Dracco ressalta que é necessária a confirmação pelo exame de DNA, já que parte dos corpos estava bastante queimado. No decorrer do dia, as mães e outras testemunhas também prestam depoimento.

A polícia também ressaltou que localizou documentos de identificação no local da queda da aeronave e constatou que "os rapazes são conhecidos e tinham vínculo de convivência", segundo afirmou ao g1 a delegada Ana Cláudia Medina, titular da unidade policial.

O acidente

O helicóptero que caiu e matou duas pessoas carbonizadas, na manhã desta quarta-feira (20), estava "recheado" de cocaína, de acordo com a secretaria de segurança de Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense que fica na região de fronteira Brasil/Paraguai. No vídeo acima, você consegue ver vários tabletes de drogas e os destroços da aeronave.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) disse que a navegação aérea não tem informações sobre o helicóptero, o que significa que a aeronave estava em voo clandestino.

Segundo a Dracco, o helicóptero caiu na área de uma propriedade rural do município. Uma equipe de Campo Grande foi para o local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica

Assaltante invade farmácia na região central de Dourados e rouba dinheiro
ROUBO

Assaltante invade farmácia na região central de Dourados e rouba dinheiro

Polícia faz pente-fino na PED e autua interno por tráfico de drogas
DOURADOS

Polícia faz pente-fino na PED e autua interno por tráfico de drogas

Júri da Kiss: julgamento segue no domingo com depoimento de sócio da boate e mais um sobrevivente
JUSTIÇA

Júri da Kiss: julgamento segue no domingo com depoimento de sócio da boate e mais um sobrevivente

Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
PANDEMIA

Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes

DEPUTADOS

Audiência na Câmara discutirá implementação da Política Nacional de Defesa

DEZEMBRO VERMELHO

Após 40 anos do primeiro caso, epidemia de HIV/aids ainda mata brasileiros

SAÚDE PÚBLICA

Ministério oferece mais de 21,5 mil vagas para Médicos pelo Brasil

REGIÃO

Polícia prende homem por descumprimento de medida protetiva em Ponta Porã

ILUMINAÇÃO ROXA

Congresso chama atenção para violência contra mulheres com deficiência

Mais Lidas

DOURADOS

Vídeo mostra jovem deitando em rua antes de acidente

DOURADOS

Homem morre atropelado no Jardim Piratininga e motorista foge do local

DOURADOS

Jovem estava deitado na rua e motorista de caminhão disse que não percebeu atropelamento

TRAGÉDIA

Trabalhador morre após queda de laje em Dourados