Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Falso policial é preso após fazer sete pessoas reféns

26 janeiro 2010 - 12h06

Dois homens se passaram por policiais, renderam uma família inteira, agrediram algumas das vítimas e roubaram, no conjunto Universitário, na saída para Dourados, em Campo Grande. Um dos assaltantes foi preso e outro já está identificado.

O caso aconteceu na madrugada de hoje. Um adolescente de 15 anos escutou barulho em frente de casa por volta de 1h10 e quando foi verificar se deparou com os dois homens na varanda, que diziam que eram policiais federais e que iriam prender todos por tráfico de drogas.

Eles invadiram a casa em seguida anunciaram o assalto, fazendo reféns o adolescente, um homem de 39 anos, uma mulher de 34 anos, outra de 56 anos, uma adolescente de 13 anos, uma criança de 9 anos e um bebê de 2 meses.

Eles falavam que a família deveria dizer onde “escondia as drogas” e ameaçaram matar. A ação foi violenta. Lucas chegou a dar um soco no peito da mulher mais velha e com a faca ameaçou degolar o adolescente.

O homem, a mulher, a senhora e a criança de nove anos foram trancados num banheiro da casa. Os dois adolescentes foram obrigados a se fechar num quarto. Os bandidos roubaram, entre outros itens, duas bicicletas, três telefones celulares, máquina digital, vídeo cassete, DVD, TV, home theater e fugiram.

Após o roubo o adolescente contou aos policiais que reconheceu um dos assaltantes, Lucas, que costuma vender espetinhos na esquina da escola Teotônio Vilela.

Ele levou os policiais até uma casa próxima à esquina da avenida Guaicurus com a Marginal Bálsamo e em um terreno baldio, os policiais militares encontraram Lucas que tentou fugir, mas foi preso. No local, foram encontrados vários objetos roubadas, além das armas utilizadas no assalto.

Em uma casa ao lado do terreno baldio, os policiais entraram em contato com a mãe de Sergio, que disse que o filho não estava em casa. Os policiais checaram no sistema de informações e mostraram uma foto de Sérgio às vítimas, que o reconheceram como o outro assaltante. Lucas confirmou que era mesmo Sergio seu comparsa, mas ele não foi localizado.

Lucas foi preso e encaminhado, junto com as armas, para a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos. Os objetos recuperados foram entregues aos donos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro visita presidente do STF no hospital
EM 24H
De terça para quarta, Dourados internou um paciente por coronavírus a cada 4h40
CONTRABANDO
Mais de 700 celulares que seriam levados ao MT são apreendidos
DOURADOS
Porta-voz da prefeita diz que decretos têm base técnica após crítica do empresariado
DOURADOS
Em nova ação, BPW entrega aventais e máscaras para trabalhadores da saúde
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
ECONOMIA
Agronegócio sul-mato-grossense vendeu 87% da soja e 37% do milho
TRÁFICO
Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha durante barreira sanitária
PANDEMIA
Com crescimento no número de casos de coronavírus, Dourados inicia barreira sanitária
TACURU
Homens são abordados transportando drogas em ônibus na MS-295

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher